Deformidades nos pés

Deformidades como joanetes, dedos em garra e dedos em martelo também foram avaliadas pela pesquisa.

Com relação ao joanete, observa-se prevalência nas mulheres, com 52% das respondentes apontando algum grau de joanete. Com relação aos homens, apenas 28% apresentaram algum grau de joanete.

 
Tabela com a relação entre a presença de joanete e o gênero.
 

Dentre os que possuem joanete, a média geral do grau de deformidade é de 2,31. Os homens ainda apresentaram menor grau médio de joanete perante as mulheres.

 
Duas imagens, a primeira com a relação entre o grau da joanete e o gênero. A outra são os graus da joanete.
 

Observa-se relação de aumento de dores com graus mais severos de joanete.

 
Gráfico com a relação entre as dores e o grau da joanete.
 

Os dedos dos pés podem apresentar formato em garra, em martelo ou estarem sobrepostos.

 
Imagens ilustrativas de dedo em garra e martelo
 

Dentre os respondentes, 14% dos homens e 17% das mulheres apresentram este tipo de deformidade. Nota-se que há maior incidência de dores nos pés dentre os que possuem este tipo de deformidade (95%) frente aos que não possuem (89%).

 
Tabela com a relação entre as dores nos pés e os dedos em garra e martelo.
 

Sobre a sobreposição de dedos, 13% dos homens e 20% das mulheres apresentaram esta deformidade, que também se relaciona com dores nos pés. Enquanto 95% dos respondentes com dedos sobrepostos apresentaram alguma dor nos pés, 90% sem sobreposição de dedos apresentaram esta queixa.

 
Tabela com a relação entre as dores nos pés e os dedos sobrepostos.
 

Clique nos links abaixo para saber mais detalhes sobre a pesquisa “Saúde e qualidade de vida: A relação com os pés, tornozelos e joelhos”.

Características da amostra

Saúde e atividade física

Longevidade desejada

Dores nos pés, tornozelos e joelhos

Impacto das dores no cotidiano

Como as dores são tratadas

Características dos pés

Doenças crônicas