Condromalácia Patelar

7 de outubro de 2015

O que é Condromalácia Patelar?

A Condromalácia Patelar, também conhecida como “joelho de corredor”, é o amolecimento da cartilagem localizada entre a patela e o fêmur. Essa patologia, que é crônica e degenerativa, possui 4 diferentes níveis de gravidade, indo desde o amolecimento até a perda completa da cartilagem. A condromalácia é muito comum em atletas que estão sujeitos a sofrer grandes impactos nos joelhos, como corredores, ciclistas e jogadores de futebol.

Condromalácia Patelar

1. Local da dor na Condromalácia Patelar

Sintomas

O sintoma mais comum da Condromalácia Patelar é uma dor intensa na frente do joelho (região da patela), que pode vir acompanhada de estalos e crepitações (sensação de “areia dentro do joelho”) durante a flexão do joelho. Em alguns casos, pode apresentar inchaço também.

Causas

Não há uma causa exata para que essa lesão ocorra, mas alguns fatores podem estar relacionados com a Condromalácia Patelar, como:

• Traumas locais;
• Variações anatômicas, como desalinhamentos no joelho, principalmente o joelho em “valgo” (joelhos voltados para dentro);
• Aumento abrupto na carga dos treinos e de práticas esportivas;
• Falta de condicionamento muscular;
Pisada pronada ou supinada, pois modificam a rotação da perna;

Incidência

A patologia não se restringe a um grupo específico, podendo ocorrer nos mais variados indivíduos e pelas mais variadas causas. No que diz respeito à incidência da Condromalácia Patelar, ela tende a acometer mais as mulheres, devido a dois fatores principais. O primeiro deles está relacionado a questões fisiológicas: o quadril feminino tende a ser mais largo em relação ao masculino, o que torna as mulheres mais propensas a desenvolver Condromalácia Patelar, por conta de uma angulação (denominada Ângulo Q) formada entre o tendão do quadríceps da coxa e o ligamento da patela. O segundo fator está relacionado ao fato de que muitas mulheres utilizam salto alto, prática que empurra a gravidade do corpo para frente, sobrecarregando muito os joelhos.

Tratamento

A cartilagem não é um tecido vascularizado, o que torna sua regeneração extremamente difícil. Por conta disso, é imprescindível que, uma vez diagnosticada, a condromalácia seja tratada o quanto antes.
Algumas das medidas mais indicadas para o alívio e melhora da Condromalácia Patelar são:

• Aplicação de gelo;
• Evitar a sobrecarga do joelho afetado;
• Evitar uso de salto alto;
• Fisioterapia, que trabalhará, sobretudo, o fortalecimento e alongamento muscular;

Tratamentos cirúrgicos são indicados para casos mais raros, onde há grandes alterações anatômicas e o tratamento conservador não mostrou ser eficaz.
É importante ressaltar que o tratamento ideal dependerá muito da avaliação médica, pois existem diferentes níveis de gravidade e os métodos mais indicados para cada caso podem variar.

Como a palmilha Pés sem Dor pode ajudar?

Palmilhas

2. Palmilhas

As causas da Condromalácia Patelar podem estar ligadas a desalinhamentos anatômicos e a problemas na pisada, como supinação e pronação. As palmilhas Pés Sem Dor podem auxiliar no tratamento, pois possuem correções específicas que auxiliam a corrigir desalinhamentos, como o joelho em “valgo”, além de promoverem a correção dos desvios na pisada.