Corrida x dor no abdômen

11 de março de 2011

Correr é um ótimo exercício físico, mas muitos corredores ao forçar o ritmo podem sentir dor na lateral da região do abdômen, chamada por muitos de dor desviada. E esta pode ser um problema enlouquecedor, porque os espasmos ocorrem de repente e podem arruinar um bom exercício.

1. A corrida e a importância da postura correta

1. A corrida e a importância da postura correta

 

A causa precisa da dor desviada ainda não é conhecida, muitos especialistas acreditam que essa dor ocorre quando o diafragma — vital para a respiração — trabalha demais durante uma corrida vigorosa e começa a ter espasmos. Corredores que apresentam essas dores geralmente são aconselhados a diminuir o ritmo e fazer respirações profundas e controladas.

Mas uma nova teoria sugere que pode não ser o diafragma o responsável pela dor, e que a culpa pode ser da má postura. Num estudo recente, pesquisadores usaram um dispositivo para medir a atividade muscular enquanto pessoas sofriam essas dores laterais. Eles não encontraram nenhuma evidência de aumento de atividade ou espasmos na região do diafragma durante essas dores.

No ano passado, a mesma equipe de pesquisadores publicou um estudo separado no Journal of Science and Medicine in Sport. Eles descobriram que as pessoas que regularmente apresentavam má postura ou tinham as costas curvadas tinham mais tendência a sofrer dessas dores laterais; quanto pior sua postura, mais severas eram as dores durante o exercício.

Uma explicação para isso é que correr com má postura pode afetar nervos que vão da parte superior das costas até o abdômen. Outra hipótese é que andar curvado aumenta a fricção sobre o peritônio, uma membrana que circunda a cavidade abdominal. Isso também pode explicar por que a respiração controlada parece ajudar a aliviar as dores: respirar fundo enche os pulmões e melhora a postura.

O estudo concluiu que a única maneira, até o momento, para aliviar a dor desviada é melhorar a postura ao praticar a corrida.

FONTE: Corpo Saun