FOLHA DE S. PAULO

31 de agosto de 2017

“As palmilhas são feitas sob medida. Os pés dos clientes são escaneados, e as imagens servem para moldar os produtos em uma impressora 3D”