Uso de calçados inadequados na infância

1 de setembro de 2015

Fique atento ao uso de calçados inadequados na infância

É um pesadelo comprar sapatos para crianças, não é mesmo? Elas nunca estão satisfeitas com os modelos das vitrines e demoram uma eternidade na escolha do “calçado perfeito”. Além disso, elas crescem muito rápido e os tênis comprados ficam “pequenos” com muita facilidade. Mas você sabia que o uso de calçados menores que o ideal pode colocar em risco a saúde dos pés?!

Calçados inadequados na infância

1. Calçados inadequados na infância

A infância é marcada pelo processo de formação dos músculos e ossos e é uma fase na qual os pés se adaptam aos estímulos externos. Quando o pé fica “comprimido” por causa do uso de calçados inadequados, as estruturas perdem sua liberdade de movimentação e ficam mais propensas a desenvolverem deformidades e problemas durante a fase adulta.

Dentre as patologias que podem ser causadas pelo uso de calçados menores que os pés, podemos destacar o joanete (deformação que causa a formação de uma protuberância na base do dedão), o neuroma de morton (compressão de um nervo que passa entre os dedos), deformidades nos dedos, como os dedos em garra ou em martelo, pé plano adquirido, entre outras.

Para evitar problemas, é importante ficar atento ao crescimento das crianças e trocar os tênis sempre que necessário. Por estarem em fase de crescimento, elas podem se recuperar dos possíveis problemas causados pelos tênis inadequados (desde que o uso seja interrompido).

 

ANDAR DESCALÇO

Uma dica importante: o ideal é que as crianças andem DESCALÇAS sempre que possível (em terrenos seguros, sem risco de cortes ou lesões).

O simples ato de andar descalço ajuda a estimular o sistema nervoso e o sistema musculoesquelético, melhorando o equilíbrio, a sensibilidade, o aprendizado e o desenvolvimento motor, além de fortalecer os músculos e aumentar a circulação sanguínea.

Para os casos que existe alguma deformidade congênita, como o pé torto ou deformidade, decorrente da utilização de calçados inadequados, como as citadas acima, a Pés Sem Dor desenvolveu uma linha de palmilhas infantis que ajudam nas correções de possíveis deformidades ou no desenvolvimento do pé da criança.