LiveZilla Live Help

Dores em cima do pé

Em cima do pé temos a região do dorso do pé e os dedos do pé. A região do dorso do pé é formada pelos ossos: cuneiformes (medial, intermédio e lateral), cuboide, navicular, cinco ossos metatarso; a região dos dedos é formada por 14 ossos: cinco falanges proximais, quatro intermédias e cinco distais.

Além dos ossos, temos outras estruturas que passam em cima do pé como músculos, tendões, ligamentos, nervos, artérias, veias e cartilagens.
 

Estrutura do pé

Estrutura do pé

Muitos brasileiros possuem dor em cima dos pés, localizada no dorso dos pés ou nos dedos. Vários fatores podem ocasionar essa inflamação, podendo ser fatores internos ou externos.

Fatores internos:

  • Tendinites;
  • Artrose;
  • Desalinhamento articular;
  • Neuroma de Morton – quando os sintomas irradiam para o lado de cima do pé;
  • Arco medial plantar muito alto: pé cavo;
  • Arco medial plantar muito baixo: pé chato ou plano;
  • Ineficiência do arco plantar;
  • Forma errada de pisar: principalmente causando uma pronação;
  • Pressão excessiva nos dedos.

Fatores externos:

  • Salto Alto- saltos que mudam o posicionamento do dorso do pé, causando hiperpressão na região do dorso do pé e dedos;
  • Calçados com a sola muito rígida não deixando o pé se articular direito;
  • Calçados com a região do peito do pé muito apertado;
  • Calçados pequenos – pressionado os dedos dos pés.

As palmilhas sob medida Pés Sem Dor atuam no conforto, realinhamento articular, redistribuem as pressões locais, além de proporcionarem amortecimento local.

Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!