Dor no calcanhar cirurgia

A região do calcanhar é ligada diretamente ao tendão de Aquiles e à fáscia plantar. Essa região agrega muitas estruturas como tendões e ligamentos.

Por ser uma parte do nosso pé que é responsável por receber toda a carga do corpo e distribuí-la para o resto do pé, é muito comum o surgimento de dores.
 

Anatomia calcanhar/tornozelo

Anatomia calcanhar/tornozelo.

CIRURGIA

O diagnóstico para dor no calcanhar vai depender da suas causas, que podem ser muitas, e por isso podem variar. Entretanto, os tratamentos conservadores costumam resolver o problema na maioria das oportunidades.

Porém, quando a dor no calcanhar é diagnosticada como esporão de calcâneo ou tendinite de calcâneo, pode ser necessária a realização de um procedimento cirúrgico.

Vale lembrar que a cirurgia só é recomendada em casos aos quais todos os tratamentos conservadores não atingem os resultados esperados.

Confira abaixo os procedimentos cirúrgicos em casos de esporão de calcâneo e tendinite de calcâneo:

  • Esporão de calcâneo: O procedimento cirúrgico consiste em retirar o esporão e/ou liberar a fáscia plantar, tal procedimento só poderá ser feito depois de, no mínimo, um ano de tratamento conservador.
  • Tendinite de calcâneo: A cirurgia consiste em retirar as partes degeneradas e melhorar a vascularização. Esta operação só pode ser iniciada depois de 6 meses de tratamento conservador.

Esses casos geralmente são muito complicados e a recuperação pós-cirúrgica é muito demorada e dolorosa. Além disso, não há certeza de resolução do problema.

Quando o quadro se agrava a ponto de ocorrer o rompimento do tendão, a cirurgia é aconselhável para reconstruí-lo, pois o tratamento conservador normalmente apresenta resultados insatisfatórios.