LiveZilla Live Help

Dor no dedão cirurgia

O dedão do pé, também conhecido como “hálux”, é muito importante para o funcionamento de nosso caminhar.

Isto ocorre porque, por ser o maior dedo, ele recebe a maior parte da carga e com isso ajuda a equilibrar nosso corpo quando andamos ou corremos. Esta região é composta por dois ossos: a falange proximal e a falange distal.

Entre os diagnósticos possíveis para dor no dedão, estão: hálux valgo (joanete), hálux rígido, sesamoidite ou unha encravada.
 

Imagem ilustrativa mostrando a estrutura óssea do pé.

Ossos do pé

CIRURGIA

O procedimento cirúrgico para resolver a dor no dedão só é feita em casos em que os tratamentos convencionais não atingem os resultados esperados.

As cirurgias nesta estrutura estão relacionadas aos diagnósticos de joanete, hálux rígido e sesamoidite. Cada situação exige um procedimento diferente, confira:

  • Joanete: O procedimento realinha o dedão (hálux) com o osso do pé, onde o excesso de osso na parte medial do pé é cortado e os ossos são alinhados, costurando-se os tendões e tecidos da região ou, dependendo do caso, quebrando o osso do pé (metatarso) para fixar de forma alinhada.
  • Sesamoidite: A cirurgia consiste na retirada do osso sesamóide necrótico (sesamoidectomia). É um procedimento cirúrgico simples e com bom índice de sucesso.

Em casos de cirurgia para hálux rígido, existem três opções de procedimento cirúrgico:

  • Artrodese da articulação: é a mais utilizada e consiste em fixar a articulação, parafusando um osso no outro. Nesse tipo de cirurgia, a dor diminuirá ou desaparecerá, mas o paciente perderá os movimentos do dedo.
  • Osteotomias: consiste em retirar as partes dos ossos que estão bloqueando e diminuindo o espaço da articulação.
  • Artroplastia: ainda pouco utilizada, consiste na substituição da cartilagem.