Dor nos dedos cirurgia

Os dedos são as estruturas responsáveis pelo apoio e equilíbrio dos pés diante das atividades diárias, como andar, correr ou saltar.

Cada dedo do pé é constituído por três ossos: a falange proximal, localizada mais próxima do pé, no começo do dedo (ligada, por meio da articulação metatarsofalangeana, aos metatarsos); as falanges intermédias, no meio do dedo; e a distal, que é a ponta do dedo, todos unidas entre si pela articulação interfalangeana, exceto o dedão,que não possui a falange intermédia.

O principal motivo de dores nos dedos são as deformidades em garra e em martelo. Entretanto elas não são as únicas, essas dores também podem estar associadas a diagnósticos como: artrose, unhas encravadas e calos.
 

Imagem ilustrativa mostrando a estrutura óssea do pé.

Ossos do pé

CIRURGIA

O procedimento cirúrgico para dor nos dedos, normalmente é necessário quando as dores são provenientes das deformidades em garra e em martelo.

A cirurgia só é indicada quando todos os tratamentos conservadores já foram tentados e mesmo assim não houve uma melhora dos sintomas.

Existem muitas técnicas cirúrgicas para essas deformidades e a escolha dependerá do médico e da gravidade da doença, sempre na tentativa de realinhar os dedos e o pé, basicamente com cortes e fixações dos ossos. Outra técnica descrita é a reparo do “Plantar Plate” que é a fixação em caso de rompimento desta estrutura tão importante para estabilidade da articulação (fig abaixo).
 

Imagem ilustrativa mostrando o procedimento cirúrgico para o rompimento de "Plantar Plate".

Correção em caso de rompimento da “Plantar Plate”.