Aumento do desempenho de atletas

Os atletas, tanto amadores quanto profissionais, estão sempre em busca de melhora do desempenho da atividade física que exercem. Seja um corredor que quer melhorar o seu tempo em uma prova de corrida, ou um jogador de vôlei recreacional que quer saltar mais e aguentar jogar mais tempo.

Os atletas buscam o treino ideal, a alimentação adequada e o equipamento correto para a prática do esporte. Para isso, é fundamental encontrar um bom treinador, uma boa orientação nutricional e um bom calçado e palmilha.

O alinhamento biomecânico

A principal maneira de obter maior desempenho esportivo é através da maximização da eficiência biomecânica. Essa eficiência depende de um bom alinhamento das articulações, ou seja, quanto mais alinhados os nossos ossos estão uns sobre os outros melhor é a performance que temos. Os músculos funcionam melhor e menos energia é dissipada, sobrando mais energia para melhora de desempenho. Exemplo de possíveis desalinhamentos comparados com um alinhamento normal:

1. Exemplo de possíveis desalinhamentos comparados com um alinhamento normal

1. Exemplo de possíveis desalinhamentos comparados com um alinhamento normal

É muito comum vermos atletas que têm desalinhamento dos pés (pés chatos ou pronados), tornozelos (valgos ou varos), joelhos (valgos ou varos) e quadris. Por menor que sejam, pequenos desalinhamentos já são suficientes para causar a perda de velocidade, resistência ou força. Portanto, é muito importante corrigi-los.

Esses desalinhamentos além de causarem perda de energia, também podem predispor o atleta a dores e lesões que causam grande perda de performance.

Outra importante causa de perda de desempenho é a má adaptação do pé ao calçado. Idealmente, deve-se ter o máximo de consistência entre o pé e o calçado, para que nenhuma energia seja perdida quando o pé escorrega dentro do tênis.

Então para melhorar o desempenho é fundamental melhorar a eficiência biomecânica, evitando e prevenindo as dores e lesões no atleta; e promover uma ótima adaptação ao calçado, tudo através do uso de palmilhas ortopédicas sob medida.

A PALMILHA AUMENTA O DESEMPENHO DO ATLETA

As palmilhas sob medida conseguem dar ao atleta o alinhamento biomecânico mais próximo do ideal. Através de algumas correções como cunhas, elevações e inclinações, a palmilha corrige o pé e o tornozelo e, então, também corrige o joelho e o quadril, pois o movimento e a recepção de carga começam pelos pés.

1. Palmilha com apoio de arco plantar, que ajuda a redistribuir a pressão

2. Palmilha com apoio de arco plantar, que ajuda a redistribuir a pressão

Além disso, as palmilhas transformam o tênis do atleta em parte integrante do seu corpo, fazendo com que não haja espaço livre no calçado, e com que o pé não fique solto e deslizando dentro do tênis, perdendo energia.

Fazendo isso a palmilha também consegue redistribuir por igual a pressão na sola do pé do esportista, fazendo com que todo o peso e a carga que ele receba sejam dissipados de forma uniforme. Com isso, há um melhor amortecimento de impacto, resolvendo uma das principais causas de dores (principalmente nos pés, canela e joelhos).

3. Pé apertado dentro do calçado

 

Exemplo de que as palmilhas são muito importantes na prática esportiva são alguns esportistas profissionais que usam palmilhas sob medida para melhorarem seu desempenho, como o tenista suiço Roger Federer e o alemão Michael Schumacher.

Outros exemplos são o tenista Thomaz Bellucci, que usou palmilhas para eliminar dores na canela e poder jogar com melhor performance (FONTE: Folha de São Paulo em 08/2010). Jogadores profissionais de futebol do Santos e do Botafogo usam palmilhas para prevenção de lesões e melhoria do desempenho (FONTE: globoesporte.com em 02/2013 e 06/2014). E jogadores de basquete, como o ala Leandrinho, da seleção brasileira, que atua na NBA, usou palmilha para acelerar a sua recuperação de lesão (FONTE: globoesporte.com).

Portanto, a fim de obter um bom desempenho esportivo, é de grande importância que o atleta faça um acompanhamento completo, incluindo uma boa avaliação biomecânica e do calçado e palmilha. Para que assim consiga um melhor alinhamento, adaptação e amortecimento de impacto, obtendo o máximo na prática esportiva.