LiveZilla Live Help

Dedo de Morton diagnóstico

O Dedo de Morton se caracteriza quando o segundo dedo do pé é maior que todos os outros (inclusive do dedão). Este problema pode gerar muita dor local e hiperpronação no pé, porque ele acaba recebendo uma carga muito maior do que ele pode aguentar, carga esta que deveria ser atribuída ao dedão.
 

Dedo de Morton

Dedo de Morton

DIAGNÓSTICO PARA DEDO DE MORTON

O diagnóstico para Dedo de Morton é bem fácil de ser verificado, isto porque ele surge como uma característica genética da pessoa, sendo assim um sinal fácil de ser observado.

Essa característica tem relação com o tipo do pé desta pessoa, estes tipos são classificados com base em certas etnias (Egípcio, Romano, Grego, Céltico e Alemão).

Apenas o Grego e o Céltico apresentam o dedo de Morton. Vale lembrar que este problema também pode estar associado a algumas patologias, como:

Além disso, as pessoas que sofrem com essa patologia acabam apresentando uma pronação acentuada, podendo causar o desalinhamento dos pés, tornozelos e joelhos, e trazer dores e incômodos. Também podem gerar calosidades como já citado anteriormente, em geral, não são dolorosos, mas em alguns locais podem causar incômodo. Os sinais da formação calosa são:

  • Ressecamento da pele e perda de pelos na região;
  • Espessamento da pele e formação de bolhas frequentes.
Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!