LiveZilla Live Help

Diagnóstico pé cavo e pé chato

O pé chato e o pé cavo são variações anatômicas no arco dos pés. Quase sempre a causa dessas variações é a hereditariedade. Essas variações podem deixar os pés mais suscetíveis a lesões.

O arco do pé normal é o mais eficiente no amortecimento de impacto e distribuição de carga. As variações, tanto para os arcos mais baixos (pés chatos ou planos), quanto para os mais altos (pés cavos), há uma perda de eficiência do amortecimento e absorção do impacto.

Além da hereditariedade, estes outros fatores podem causar as variações:

  • A obesidade durante a formação do arco sobrecarrega o pé e atrasa esse desenvolvimento, aumentando a chance da criança ter pé chato.
  • Algumas deformidades, como o pé torto congênito, podem alterar a anatomia normal do pé e, consequentemente, alterar a formação do arco.
  • O nível de atividade da criança. Quanto menos ativa for a criança, menor a atividade muscular e a chance de formação do arco.
  • Lesões e traumas sofridos durante a formação do arco podem causar alterações futuras.
  • Conforme o avançar da idade (do adulto ao idoso), muitas vezes o pé vai se tornando progressivamente plano, devido ao desuso da musculatura e degeneração dos tecidos (como ligamentos e tendões).

 

Imagem ilustrativa mostrando a diferença entre o pé chato e o pé cavo.

Diferença entre o pé chato e o pé cavo.


 

DIAGNÓSTICO

Ter alguma dessas variações não significa necessariamente um problema, mas algumas dores podem estar relacionadas ao tipo de pé.

Uma maneira simples de analisar o próprio pé é pegar uma folha de jornal, esticá-la no chão, molhar ambas as solas do pé de forma igual e pisar sobre a folha.

 

Imagem ilustrativa mostrando os tipos de pisada de pé cavo e pé chato.

Resultado do teste de pisada caseiro.