LiveZilla Live Help

Osso saltado em cima do pé

Nossos pés possuem uma estruturação e anatomia preparada para estabilizar nosso corpo e distribuir de maneira equilibrada nosso peso. Possuímos 26 ossos no pé e cada um deles possui grande importância na execução das fases de nossa marcha.
 

Atividades como a corrida, podem agravar o problema do osso "saltado".

Atividades como a corrida, podem agravar o problema do osso “saltado”.

Nosso pé pode ser caracterizado como normal, cavo ou plano. No caso do pé cavo, há um aumento da área do arco longitudinal medial do pé, fazendo com que a região do dorso do pé fique mais alta e mais propensa a atritos em calçados mais baixos.

Pelo fato de sempre estarmos caminhando e fazendo atividades em pé, os ossos podem ter algumas movimentações e causarem estranheza pelo fato de ficarem “saltados” para cima do pé em algumas atividades do dia, como por exemplo após atividades de impacto como corrida e atividades que requerem muito tempo em ponta de pé, como no ballet.

No caso de uma alteração anatômica, pode-se ver esse osso por meio de um exame de raio-x e, caso esse osso cause dores ou atrito em calçados, pode ser indicada uma cirurgia ou o uso de uma palmilha ortopédica para um realinhamento do osso.