LiveZilla Live Help

Dor no mediopé

O mediopé é a região localizada no meio do pé e é dividida em duas partes:
o dorso (parte de cima) e a sola do pé (parte de baixo).
O mediopé é formado por cinco ossos distintos: o navicular, o cuboide e os
cuneiformes medial, intermédio e lateral. Os nomes podem parecer complicados
e não conhecidos, mas a verdade é que utilizamos e forçamos eles a todo instante.

Outra estrutura que também faz parte dessa região é a fáscia plantar,
tecido que passa debaixo, na forma do arco do pé, e acaba sendo um
dos principais responsáveis pela dor nessa região.

É a partir de diversas articulações que o mediopé conecta o retropé com o antepé,
ou seja, o calcâneo e o tálus com os dedos e metatarsos. Explicando melhor:
a região de trás é mais estável e fica responsável por receber mais carga,
enquanto a parte de baixo é “mais móvel” e auxilia na adaptação dos pés no chão.
Portanto, o mediopé faz um pouco das duas funções, além de transferir carga de
uma região para outra.


Formação da região do mediopé

Agora, um pouco mais sobre cada osso que forma o mediopé:

Osso navicular: o nome deriva do diminutivo de navio, em latim (navícula), devido à semelhança que tem com um pequeno barco. Articula-se com o tálus, cuboide e os três cuneiformes.

Osso cuboide: articula-se com o calcâneo (o maior osso da região), navicular e com a base do 4º e 5º metatarsos.

Ossos cuneiformes: articulam-se com o osso navicular e com a base do 1º, 2º e 3º metatarsos.

 

 

dor no mediope ossos

1. Ossos do mediopé

 

E, para entender melhor as funções dos ossos do pé, é necessário citar como eles conseguem sustentar e distribuir o peso do nosso corpo. É simples: os ossos e a fáscia plantar formam os chamados arcos, que são três tipos. Abaixo, veja como eles são formados:

 

  • Arco longitudinal medial: é formado pelos ossos calcâneo, tálus, navicular e 1º e 2º metatarsos.
  • Arco longitudinal lateral: é formado pelos ossos calcâneo, cuboide e 3º ao 5º metatarso.
  • Arco transversal: é formado pelos ossos cuneiformes medial, intermédio e lateral, e cuboide. Ele é a base dos cinco ossos metatarsais.
dor no mediope pe arco

2. Arcos do pé

Dor na região do mediopé

As dores sentidas nesta região média do pé podem estar relacionadas a diversos fatores, como a prática esportiva excessiva, uso de calçados inadequados, traumas e lesões (como entorse ou outro tipo de fratura), altura do arco, alinhamento natural da pessoa, fascite plantar e algumas outras patologias – causas que serão mais bem detalhadas a seguir.

 

dor no mediopé pé sola embaixo

3. Região do mediopé – parte de baixo

 

Altura do arco e a dor no mediopé

Como citado anteriormente, os arcos – que são formados pelos ossos e pela fáscia plantar – distribuem o peso do nosso corpo. Mas o arco longitudinal medial sofre maior influência em questão de dores no mediopé, que geralmente acontecem como resultado de atividades físicas intensas, como corridas e longas caminhadas, quando os ligamentos são distendidos ou rompidos.

 

Pessoas que possuem pés chatos e pés cavos têm mais chance de ter dores relacionadas ao mediopé, pois quando há uma variação anatômica de altura do arco, consequentemente há uma perda de eficiência do amortecimento e absorção do impacto nos pés.

 

dor no mediopé pé chato cavo

4. Altura do arco do pé chato (à esquerda) e altura do arco do pé cavo (à direita)

 

Trauma e a dor no mediopé

Quando deixamos algum objeto pesado cair nos pés, batemos em algum lugar, lesionamos ou até mesmo quando passamos por algo mais grave como um acidente ou queda, não imaginamos o que acontece na região do mediopé, mas esses acontecimentos e fraturas podem gerar alguns traumas, e, logo depois, causar determinadas dores.

Um trauma bem comum que futuramente causará dor no mediopé é a entorse de tornozelo, que pode afetar o 5º metatarso. Lesões desse tipo causam estiramentos ou rupturas de ligamentos na articulação, podendo ser tratadas com compressas de gelo, elevação da perna com um travesseiro, utilização de tornozeleira e uso de medicamentos indicados por um médico especializado.

 

Principais causas das dores no mediopé

Fascite plantar

A fascite plantar é uma das causas mais frequentes de dor na região do mediopé, já que é uma inflamação localizada na fáscia plantar, um tecido fibroso que fica ao longo da parte de baixo do pé, desde o calcanhar até as pontas dos dedos, tendo função semelhante a um ligamento.

dor no mediopé pé fascite plantar fáscia

5. Fascite plantar

 

 

As causas dessa patologia estão ligadas diretamente com o uso de salto altos, sobrepeso, algumas vezes pelas características de pé muito cavo ou chato, e quando o tipo de caminhada ou atividade física sai da rotina comum, seja em homens ou mulheres.

 

dor mediopé pé dicas fascite plantar

6. Recomendações e dicas para alívio da dor da fascite plantar

 

Fratura por estresse

Esse tipo de fratura é um pouco mais raro e está diretamente relacionado às atividades esportivas, portanto atletas e corredores são mais propensos a tê-la. Para detectar se há uma fratura causada por estresse é necessário consultar com um profissional especializado, para realização de exames de imagem. A partir da análise do diagnóstico pode ser recomendado o afastamento das atividades esportivas por um tempo ou até a imobilização. Apenas em casos mais graves, o médico pode indicar um tratamento cirúrgico, porém é mais raro de acontecer.

 

Insuficiência do tendão tibial posterior (arco desabado)

O tendão tibial posterior fica na parte interna do tornozelo, e, sendo assim, é fundamental para o movimento e a sustentação do arco do pé. Quando há um problema nesse tendão, a função essencial que deve exercer, na realidade, não é cumprida. Muitas vezes o tendão fica inflamado ou rasgado, e, consequentemente, o arco cai lentamente com o tempo.

 

Como tratar a dor no mediopé

De forma mais geral, as pessoas costumam sentir dores nos primeiros passos após acordar e ao levantar-se após um longo tempo sentado. Porém, para algumas pessoas, a dor pode ser constante. Esses incômodos na parte central do pé estão quase sempre relacionados ao desgaste físico, mas como já vimos, existem diversas causas.

De qualquer forma, ao sentir dores na região do mediopé, é altamente recomendado se consultar com um profissional especializado, que irá informar o diagnóstico correto e os possíveis tratamentos. Fora isso, existem alguns cuidados que as pessoas podem ter para evitar esse tipo de dor:

– Alongamento: pode parecer uma atividade simples, mas realizar alongamentos pode melhorar a flexibilidade das articulações, além de diminuir os problemas causados pelo estresse no mediopé.

– Uso de calçados adequados: utilizar sapatos confortáveis, de tamanho adequado (proporcional aos pés), além de procurar não amarrar o cadarço muito forte, pois pode pressionar a região do mediopé e causar dor posteriormente.

– Palmilha Pés Sem Dor: o uso constante de palmilhas feitas sob medida pode evitar dores não somente no mediopé como em outras regiões dos pés, tornozelos e joelhos, oferecendo mais qualidade de vida.

– Peso ideal: é importante manter o peso ideal, pois o sobrepeso aumenta a carga e pode causar dor nessa região.

 

Aqueles que trabalham com esportes diariamente e por acaso tiveram algum problema no mediopé, podem ter que afastar-se das atividades temporariamente, sendo que ao voltar a elas, é preciso ter certeza de que o movimento e força nos pés voltaram ao normal, e, de qualquer forma, evitar viradas bruscas e utilizar calçados adequados.

 

 

Como a palmilha Pés Sem Dor atua na dor no mediopé

A palmilha Pés Sem Dor, feita sob medida, é uma boa maneira de resolver as dores no mediopé e evitar dores em outras regiões, já que trará apoio e amortecimento para o arco do pé, anatomicamente projetado para aliviar a tensão dos tecidos da planta do pé.

dor mediopé palmilha pes sem dor arco

7. Palmilha com apoio de arco plantar alto ou baixo

 

dor mediopé palmilha pes sem dor amortecedor

8. Palmilha com amortecedor em toda a sola do pé

Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!