LiveZilla Live Help

Esporão no pé

Antes de abordarmos todos os assuntos referentes ao esporão no pé, ou esporão de calcâneo, e com o objetivo de facilitar o entendimento sobre o tema, vamos iniciar relembrando algumas estruturas anatômicas do pé.

Em anatomia, podemos dizer que os ossos dos pés são divididos basicamente em três regiões:

  • Tarso (retropé);
  • Metatarso (mediopé);
  • Dedos (antepé).
Calcanhar

1. Dor no calcanhar (talalgia)

 

Chamamos de tarso a região que corresponde ao retropé (região do calcanhar), sendo ela formada por vários ossos, como: calcâneo, tálus, navicular, cuboide, e cuneiformes medial, intermédio e lateral.

Esporão no pé

A cada ano, cerca de um milhão de brasileiros procuram os consultórios de ortopedistas queixando-se de dores no calcanhar. Microtraumatismos ocasionados no osso calcâneo podem levar à talalgias devido à formação do esporão.

As mesmas lesões que, normalmente, desencadeiam o surgimento da chamada fascite plantar (inflamação da fáscia plantar, tecido que recobre a musculatura da sola do pé), provocam também o crescimento de espícula óssea (osteofitos) na região do calcanhar, desencadeando o esporão de calcâneo. No entanto, a dor característica não decorre do esporão, como muitos imaginam, e sim, da inflamação e da tensão da fáscia.

Esporão de calcâneo

2. Esporão no pé

Causas do esporão no pé

Várias situações que causam excesso de tensão e estresse à região do calcanhar podem provocar o aparecimento dessas espículas ósseas. Assim, o aparecimento do esporão de calcâneo torna-se mais comum em atletas que fazem atividades que incluem correr muito, saltar constantemente ou indivíduos acima do peso (sobrepeso).
Outros fatores também contribuem para o aumento dessa pressão exercida sobre o calcâneo, entre eles estão:

  • Deformidades dos pés;
  • Correr ou caminhar em superfícies muita duras;
  • Utilizar sapatos inapropriados.
]

Sintomas do esporão no pé

Dificilmente o esporão terá um sinal aparente. O que caracteriza, de fato, é a dor pulsante referida pela pessoa na região plantar do calcanhar.

]

Diagnóstico do esporão no pé

O esporão no calcanhar pode ser diagnosticado também, através de exame físico e relato dos sintomas. Contudo, exames radiográficos como o raio X, ajuda a confirmar o diagnóstico.

]

Tratamento do esporão no pé

Visando controlar os sintomas causados pelo esporão e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, algumas das medidas mais indicadas para tratamento são:

  • Evitar a sobrecarga da região do calcanhar, o que inclui diminuir as atividades de alto impacto;
  • Usar palmilhas sob medida, que ajudam a redistribuir a pressão plantar, tratando a causa do esporão. A palmilha também promove amortecimento e melhor acomodação sob o osso calcâneo, aumentando o conforto e bem-estar;
  • Fazer uso de anti-inflamatórios, mediante prescrição médica, para controle da inflamação;
  • Aplicar compressas de gelo, por até 20 minutos, no local de dor. Isso reduz a inflamação da fáscia, ajudando a aliviar a dor.

 

Palmilhas sob medida

3. Palmilhas sob medida

Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!