LiveZilla Live Help

Dicas dor no arco do pé

O arco é uma das partes mais essenciais do pé, sendo responsável pela sustentação e distribuição do peso do corpo. No total existem três arcos (arco longitudinal medial, arco longitudinal lateral, e arco transversal) que são sustentados por ossos e ligamentos.

Além da altura do arco (pé cavo e pé chato) e da sobrecarga existem diversas patologias que causam dor na região. As principais são: fascite plantar, esporão de calcâneo e insuficiência do tendão tibial posterior.

 

Imagem ilustrativa mostrando uma pessoa sentindo dor no arco do pé.

Dor no arco do pé.

No momento que as dores nessa região se tornam frequentes o paciente deve buscar um médico especializado para a realização do diagnóstico, porém aqui vão algumas dicas que podem ajudar a aliviar a dor:

  • Alongamento: alongar os pés e a parte de trás da perna (panturrilha) pode ser uma boa saída para evitar as dores no arco e sentir-se melhor. Entre as principais dicas estão: congelar uma garrafinha de água e rolar o pé sobre ela três vezes por minuto, e também puxar a ponta do pé, seja com a mão ou pressionando o pé contra a parede ou com uma toalha;
  • Usar calçados adequados: os calçados precisam ser readequados para o pé de cada pessoa, com tamanho correto, maior amortecimento, suporte e conforto. Para mulheres, outra indicação é não utilizar salto alto por muito tempo.
  • Fazer compressas de gelo: as compressas de gelo podem ser aplicadas no local da dor no arco por no máximo 20 minutos, podendo aliviar bastante a região.
  • Manter-se no peso ideal: saber o seu peso ideal e mantê-lo se torna essencial, já que o sobrepeso pode aumentar a carga e causar dor no arco. Um dos cálculos para saber se está abaixo ou acima do peso pode ser feito através do Índice de Massa Corporal (IMC), desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
  • Readaptar a prática esportiva: para realizar atividades físicas, é necessário estar sempre utilizando calçados confortáveis e tomar cuidado com o desgaste excessivo de um dia para o outro, já que a musculatura do pé pode não estar preparada para o início abrupto de alguma atividade.
  • Usar palmilhas Pés Sem Dor: feitas sob medida, as palmilhas podem ajustar certas alterações biomecânicas, responsáveis pelo aparecimento de uma fascite plantar. Além disso, melhoram o amortecimento do pé.