LiveZilla Live Help

Palmilha para salto alto e a redução da pressão plantar no antepé

A IMPORTÂNCIA DE ABORDAR ESSE ASSUNTO

O salto alto é uma paixão da maioria das mulheres. Além de ser lindo e charmoso, ele altera o padrão postural das usuárias, deixando-as mais elegantes.
No entanto, sabemos que o uso desses tipos de sapatos ocasionam alterações biomecânicas na pisada e provocam torções, desconfortos, calos e deformações nos dedos. Mesmo diante desses riscos e vários relatos de DORES, esses calçados são amados pelas mulheres.

Sapato de salto alto

1. Sapato de salto alto

 

  • A. SALTO ALTO CAUSA MUITA DOR NAS MULHERES
  • Podemos observar a relevância quando vemos a quantidade de queixas de DORES.
    Segundo dados da pesquisa realizada pela Pés Sem Dor “Salto Alto e a Mulher Brasileira”, cerca de 79% das 1350 respondentes alegaram que a DOR é o principal motivo que as impedem de usar o sapato de salto alto por mais tempo.

    Indique o motivo que impede você de usar o salto alto por mais tempo. Resultados da pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira”. Pés Sem Dor, 2016.

    2. Indique o motivo que impede você de usar o salto alto por mais tempo. Resultados da pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira”. Pés Sem Dor, 2016.

     

  • B. RELAÇÃO: TEMPO E DOR DURANTE O USO DO SALTO ALTO
  • Devido ao desconforto causado pelas DORES, as usuárias de sapato de salto alto não conseguem permanecer o tempo desejado em cima do salto.
    Ao observarmos a relação do tempo em que as respondentes da pesquisa conseguem usar o salto alto sem sentir DOR, notamos que 31,61% já sentem dor na primeira hora de uso.

    2. Indique quanto tempo, aproximadamente, você consegue ficar em pé sem sentir dores usando sapato de salto alto.

    3. Indique quanto tempo, aproximadamente, você consegue ficar em pé sem sentir dores usando sapato de salto alto.

     
    Isso ocorre devido ao aumento da pressão plantar, causado pela projeção do peso corporal para frente, concentrando-se na região do antepé (metatarsos e dedos).

    Salto alto e projeção do peso para o antepé.

    4. Salto alto e projeção do peso para o antepé.

     

  • C. REGIÕES DE DORES APONTADAS DURANTE O USO DE SALTO ALTO
  • Ao serem questionadas sobre qual a região mais dolorida durante o uso do sapato de salto alto, 66,46% das respondentes apontaram a região dos metatarsos; 22,15%, os dedos; e 14,89%, o primeiro metatarso (dedão do pé), ou seja, áreas correspondentes à região do antepé. Ainda foram citadas como regiões dolorosas arco do pé com 16,59% e calcanhar com 17,31%.

    Regiões dolorosas durante o uso de salto alto. Resultados da pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira”. Pés Sem Dor, 2016.

    5. Regiões dolorosas durante o uso de salto alto. Resultados da pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira”. Pés Sem Dor, 2016.

     

  • D. AS DORES OCASIONADAS PELO PICO DE PRESSÃO PLANTAR
  • Há uma relação entre as alterações das pressões plantares e as áreas dolorosas. Estudos mostram que as forças na superfície plantar desencadeiam alterações na pressão exercida nos pés e, consequentemente, provocam o aparecimento de patologias e deformidades, causando DOR e alterando o padrão normal da marcha (Abboud 2002; Putti et al. 2008; Monteiro et al. 2010).

     

  • E. RELAÇÃO: ALTURA DO SALTO versus DISTRIBUIÇÃO DAS PRESSÕES PLANTARES
  • A imagem abaixo ilustra a relação de diferentes alturas de salto e o pico de pressão plantar nas regiões do retropé (calcâneo) e do antepé. A distribuição dessa pressão, concentrada principalmente nos metatarsos e dedos, dependerá não só da altura do salto, mas também do peso corporal e tamanho do pé.

     
    Relação:

    RELAÇÕES PRESSÃO PLA

     

    distribuição plantar representada em porcentagens de acordo com altura do salto.

    6. Distribuição plantar de acordo com altura do salto.

METODOLOGIA

     

  • A. PEDAR: MEDIDOR DE PRESSÕES PLANTARES
  • Usado em grandes laboratórios e também na Pés Sem Dor, o Pedar é um equipamento alemão que permite medir as pressões plantares (na sola do pé) durante a marcha, com o calçado e/ou calçado com a palmilha.

    Aparelho PEDAR – Permite a medida das pressões plantares dentro do calçado

    7. Equipamento PEDAR

     

  • B. MEDIÇÃO DA PRESSÃO PLANTAR DENTRO DO SAPATO DE SALTO ALTO COM E SEM A PALMILHA
  • Posicionamos o acessório em formato de palmilha do aparelho Pedar dentro de diferentes modelos de sapatos, com salto maior que 10 cm e avaliamos as pressões exercidas nas plantas dos pés com e sem a palmilha para salto alto.
    Seguindo uma escala classificada por cores, conseguimos analisar a distribuição dessas pressões em cada região dos pés.

     

    Escala de classificação das pressões plantares a partir das cores.

    8. Escala de classificação das pressões plantares a partir das cores.

     

  • C. RELAÇÃO: DISTRIBUIÇÃO DAS PRESSÕES PLANTARES versus SAPATO DE SALTO ALTO (COM E SEM A PALMILHA)
  •  
    As imagens abaixo se referem a uma usuária de salto alto, caminhando com sapato de salto em dois momentos: com e sem a palmilha para salto alto.

     
    comparação

     
    A área selecionada na figura acima se refere às pressões exercidas na região do antepé, exatamente no hálux (dedão do pé). Houve redução de 46% da pressão exercida no dedão quando foi utilizada a Palmilha Salto Alto Pés Sem Dor.

     

  • D. A PALMILHA DE SALTO ALTO PÉS SEM DOR REDUZ A PRESSÃO PLANTAR NO ANTEPÉ
  • A Palmilha Salto Alto Pés Sem Dor redistribui as pressões plantares e reduz os picos de pressão do antepé, principalmente na região do hálux, promovendo o alívio das dores causadas pelo sapato de salto alto.
    O apoio do arco plantar, em conjunto com o piloto localizado na área do antepé, diminui as pressões dos metatarsos e dedos. O ponto de alívio no calcâneo (região do calcanhar) ajuda a aderir a palmilha ao pé, para que esta não se desloque ou vá para a frente do sapato.

    Correções da Palmilha Salto Alto Pés Sem Dor

    9. Correções da Palmilha Salto Alto Pés Sem Dor

Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!