Osteocondrite região

A osteocondrite é uma doença que afeta a cartilagem de crescimento, que reveste e protege os ossos do atrito.

Essa patologia costuma aparecer em crianças e adolescentes, pois é durante essas fases da vida que o sistema esquelético começa a se consolidar. A origem da osteocondrite ainda é pouco conhecida.

Definir uma região para a osteocondrite é um erro, isto porque ela pode ocorrer em qualquer articulação e de acordo com o local acometido ela recebe um nome diferente.

TIPOS MAIS COMUNS DE OSTEOCONDRITE

Como dito anteriormente, a osteocondrite recebe um nome diferente relativo ao local da patologia. Veja abaixo os principais casos da doença:

  • Doença de Freiberg: É a osteocondrite da cabeça do segundo metatarso (osso longo do pé, anterior aos dedos). Pode causar artrose e levar a degeneração da articulação com a falange, causando dificuldade e limitação de movimento.
  • Doença de Köhler: Afeta o osso navicular e causa dor na parte medial do pé, podendo causar alterações no arco plantar.
  • Doença de Sever: Atinge o calcanhar e está diretamente relacionado ao aumento de exercícios físicos. Pode causar fragmentação do calcâneo, resultando no alargamento do osso e surgimento de uma protuberância.
  • Doença de Osgood-Schlatter: É o tipo mais comum de osteocondrite e acomete a tuberosidade da tíbia (localizada próxima ao joelho, abaixo da patela). Sofre alta influência dos desalinhamentos do joelho.
  • Doença de Renander: É rara e atinge os ossos sesamóides (dois pequenos ossos de formato arredondado que auxiliam a impulsão do dedão). Está ligada ao uso prolongado de sapatos inadequados.
  • Doença de Iselin: Também é um tipo raro de osteocondrite que afeta a base do quinto metatarso. Causa dor na lateral do pé durante a pisada.
  • Osteocondrite Dissecante: Essa variação da doença causa o desprendimento de parte da cartilagem seguida de sua migração para o interior da articulação.