Características dos pés – problemas comuns

Joanetes

A pergunta foi qual é o grau de joanete que as respondentes têm de acordo com o quadro abaixo.
 
Imagem mostrando o grau do joanete.
 
A distribuição das repostas segue abaixo:
 
Tabela mostrando a porcentagem das respostas sobre o grau do joanete.
 
O percentual aumenta conforme a idade. O grau 0 vai de 68% para 46%, conforme o avanço da idade. A tabela a seguir mostra essa relação.
 
Tabela relacionando as respostas das mulheres sobre o grau do joanete com a faixa etária.
 
O aumento dos joanetes conforme a idade é devido a sua progressão. A pronação força a saída do primeiro metatarso.
 

Você sente dor no joanete?

As respostas de acordo com o grau do joanete são apresentadas a seguir. Notem que o “Não, nunca” cai com aumento do grau do joanete.
 
Tabela mostrando a relação entre a dor no joanete e o grau.
 
Dificuldade de encontrar sapatos de salto alto que acomodem o seu joanete aumenta, conforme o grau do joanete. Essa relação está na tabela abaixo:
 
Tabela mostrando a relação entre o grau do joanete e a dificuldade em encontrar sapatos confortáveis.
 

Dedos em garra

Dedos em garra foram reportados por 5,5% das respondentes. A tabela abaixo mostra que de 20 a 70 anos, o percentual varia pouco.
 
Imagem ilustrativa mostrando o dedo em garra.
 
Tabela relacionando os dedos em garra com a faixa etária das respondentes.
 
Dedos em garra dificultam o uso de sapatos de salto alto. 41,57% das respondentes com dedos em garra reportaram que têm dificuldade em usar sapatos de salto alto.
 

Dedos em martelo

3,7% das respondentes reportaram dedos em martelo. A tabela seguinte mostra como a partir dos 60 anos o índice aumenta muito.
 
Imagem ilustrativa mostrando o dedo em martelo.
 
Tabela relacionando os dedos em martelo com a faixa etária.
 
Dedos em martelo dificultam o uso de sapatos de salto alto.

36,36% das respondentes com dedos em martelo reportaram dificuldades em usar sapatos de salto alto.
 

Dedos sobrepostos

9,83% das respondentes reportaram ter dedos sobrepostos.

Os dedos sobrepostos dificultam o uso de sapatos de salto alto.

40,88% das respondentes com dedos sobrepostos indicaram ter dificuldade em usar sapatos de salto alto.
 
Imagem mostrando os saltos alto brancos de uma mulher.
 

Posição dos pés

 
Imagem ilustrativa mostrando as posições dos pés.
 
Em 65,1% dos casos, o andar das respondentes apontam para frente retos), 25,5% apontam para fora (dez para as duas) e apenas 9,4% apontam para dentro.

O cruzamento com a idade mostra que até 70 anos, as pessoas não mudam a forma de andar, segue a tabela.
 
Tabela relacionando a posição dos pés com a faixa etária das respondentes.
 
Imagem mostrando as pernas de uma mulher que está utilizando sapatos de salto alto vermelhos.
 

Veja também:
 
Características da amostra

Consumo de sapatos de salto alto – Quantos pares de sapatos de salto alto tem a mulher brasileira?

Consumo de sapatos de salto alto – Costume do uso do salto

Consumo de sapatos de salto alto – Modelos mais usados

Meias e outras considerações no uso de sapato de salto alto

Dores no uso de sapato de salto alto

Dores no uso de sapato de salto alto – Formigamento e outras dores

Calos, bolhas, inchaços e quedas e outras considerações

Prioridades de fatores no uso do sapato alto

Características dos pés