LiveZilla Live Help

Características dos pés

 
Imagem mostrando o sapato de salto alto de uma mulher.
 

Tamanho dos sapatos

As respondentes indicaram o tamanho dos seus sapatos usando a numeração brasileira.

Segue tabela:
 
Tabela mostrando a porcentagem relativa ao tamanho do número dos calçados das respondentes.
 
Observe que os tamanhos de 34 a 39 atendem 95,89% das respondentes. Para atender o público com o mínimo de estoque, deve-se manter quantidades pequenas das numerações 33, 40, 41 e 42.
 

Pé mais comprido do que o outro

26,96% das respondentes afirmaram ter um pé mais comprido que o outro. Apenas 4,25% das respondentes com um pé mais comprido que o outro precisam usar tamanhos de calçados diferentes nos pés.
 

Volume dos pés

As respondentes classificaram os seus pés como: robusto, normal ou magro. Segue a distribuição:
 
Tabela mostrando o volume dos pés das respondentes.
 
Como é de se esperar a classificação “robusto’ aumenta e o de “magro” diminui conforme o IMC.
 
Tabela relacionando as respostas das mulheres sobre o volume dos pés com o IMC delas.
 
26,2% das respondentes indicaram que têm dificuldades de encontrar sapatos de salto alto adequados ao volume dos seus pés. Fazendo o cruzamento com a classificação dos pés, a pesquisa mostra que as pessoas que têm mais dificuldade de encontrar os sapatos de salto alto adequados são aquelas que classificam os seus pés como robustos. Os calçados são feitos para pés normais.
 
Tabela comparando o volume dos pés das respondentes com a dificuldade em encontrar sapatos de salto alto adequados.
 
26,8% das respondentes indicaram que a largura padrão dos sapatos de numeração brasileira não é adequada para os seus pés. Os pés robustos mostram ter maior dificuldade.
 
Tabela comparando a largura padrão de numeração dos sapatos brasileiros e o volume dos pés das respondentes.
 
Cerca de 19,85% das respondentes indicaram que os sapatos deveriam ser mais largos que o padrão. 9,96% afirmaram que precisam de sapatos mais estreitos que o padrão. 70,19% afirmaram que os seus pés estão dentro do padrão normal.

29,81% das respondentes disseram que não conseguem usar a largura padrão dos sapatos.
 

Tipo de Arco dos Pés

65,6% das respondentes classificaram os seus pés como normais. Abaixo a tabela de distribuição por tipos de pés.
 
Tabela mostrando as opções de resposta sobre a impressão que os pés deixam no chão.
 
Imagem mostrando os tipos de pé.
 
O efeito do peso da mulher se manifesta no desabamento dos pés e um percentual maior de pé chato. O cruzamento com o IMC mostra essa característica:
 
Tabela comparando o tipo de pé com o IMC das respondentes.
 

Uma perna mais curta do que a outra

7,05% reportaram que têm uma perna mais curta que a outra. 24,55% reportaram que não sabem se têm e 68,4% afirmaram não ter uma perna mais curta do que a outra.
 

Quanto é a diferença entre uma perna e outra?

O valor mediano é de 4 mm e a média é de 6,09 mm de diferença.
Obs.: A média é puxada pelos valores de extremos.
 

Formato dos dedos dos pés

O formato dos pés foi classificado de acordo com a figura abaixo:
 
Imagem mostrando os tipos de pé.
 
Segue a distribuição:
 
Tabela mostrando as opções de resposta sobre o tipo de pé.
 
É interessante notar que o formato grego, com dedo de Morton , representa 28,4% das respostas e indica problemas na pisada, porque a carga é absorvida pelo 2º dedo em vez de ser absorvida pelo primeiro dedo (dedão), que é o correto

O formato dos dedos influencia na dificuldade de comprar sapatos de salto alto. Segue tabela que mostra que o formato Alemão é o pior formato. Em geral, 19,8% das respondentes disseram que o formato do pé atrapalha na hora de comprar sapatos de salto alto.
 
Tabela relacionando o tipo de pé com a dificuldade em encontrar sapatos de salto alto confortáveis.
 
Veja também:
 
Características da amostra

Consumo de sapatos de salto alto – Quantos pares de sapatos de salto alto tem a mulher brasileira?

Consumo de sapatos de salto alto – Costume do uso do salto

Consumo de sapatos de salto alto – Modelos mais usados

Meias e outras considerações no uso de sapato de salto alto

Dores no uso de sapato de salto alto

Dores no uso de sapato de salto alto – Formigamento e outras dores

Calos, bolhas, inchaços e quedas e outras considerações

Prioridades de fatores no uso do sapato alto

Características dos pés – problemas comuns