Dores no uso de sapato de salto alto – Formigamento e outras dores

Formigamento

40,6% das respondentes disseram não ter formigamento nos pés, quando usam sapatos de salto alto. 59,4% disseram ter formigamento.

Segue a distribuição:
 
Tabela indicando a porcentagem de respostas das respondentes sobre o formigamento devido a utilização de sapatos de salto alto.
 

Dores nos tornozelos

46,7% das mulheres disseram sentir dores nos tornozelos, quando usam sapatos de salto alto. Não varia significativamente com a idade ou IMC. Segue a distribuição:
 
Tabela indicando as porcentagens das respostas das respondentes em relação a dores nos tornozelos devido ao uso de sapatos de salto alto.
 

Intensidade da dor no tornozelo

Em geral, as mulheres sentem dores nos tornozelos ao usar sapatos de salto alto. A dor mediana é de 3,39, que está entre a dor leve e moderada. Segue distribuição :
 
Desenho mostrando a escala de dor entre números de 0 a 10.
 
Tabela indicando as porcentagens das respostas das respondentes sobre o nível de dor.
 

Lado da dor no tornozelo

As dores nos tornozelos foram iguais entre o lado de dentro do tornozelo ( medial) e o de fora (lateral).
 
Tabela indicando o local de dor na região do tornozelo segundo as respondentes.
 
As dores nos tornozelos persistem mesmo quando não estão usando sapatos de salto alto para 32,9% das respondentes, que disseram sentir dores nos tornozelos, quando usam sapatos de salto alto.
 

IMC

A frequência de dores nos tornozelos sem o uso de sapatos de salto alto aumenta com a idade e com o IMC. Seguem as tabelas de distribuição.
 
Tabela mostrando a relação entre as dores no tornozelo, a utilização de salto alto e a faixa etária das respondentes.
 
Tabela relacionando as dores no joelho, a utilização de salto alto e a faixa etária das respondentes.
 

Dores nos Joelhos

Quando usa sapatos de salto alto, sente dores nos joelhos.

37,6% das respondentes afirmaram sentir dores nos joelhos, quando usam sapatos de salto alto. 7,6% afirmaram sentir dores sempre ou muitas vezes e 30% afirmaram que sentem às vezes.

A frequência de dores nos joelhos aumenta com a idade. Abaixo, tabela que mostra esse fenômeno.
 
Tabela relacionando as dores no joelho, a utilização de salto alto e o IMC das respondentes.
 

IMC

A frequência de dores nos joelhos também aumenta com o IMC ( Índice de Massa Corporal).
 
Desenho mostrando a escala de dor, entre os números de 0 a 10.
 

Intensidade

A intensidade da dor que sente nos joelhos ao usar sapato de salto alto ( caso sinta dor):
 
Tabela relacionando a escala de dor e que as respondentes afirmaram sentir nos joelhos com a utilização de salto alto.
 
44,9% têm dor leve, 39,3% dor moderada e 15,9% dor intensa.
 
Tabela mostrando o local de dor no joelho segundo as respondentes.
 

Lado da dor no joelho

Para as respondentes que disseram sentir dor no joelho, qual é o local da dor no joelho quando usam sapatos de salto alto.
 
Tabela relacionando o local de dor no joelho com o IMC das respondentes.
 
O percentual com dor na frente do joelho aumenta conforme o IMC da respondente.
 
Tabela mostrando o local da dor no joelho e sua relação com o IMC das respondentes.
 
49,2% das respondentes com dor nos joelhos disseram que não sentem dores nos joelhos, quando não estão usando sapatos de salto alto. 50,8% das dores nos joelhos são causadas pelo uso de sapatos de salto alto.
 

Dores na Coluna

44,8% das respondentes indicaram sentir dor na coluna, quando usam sapato de salto alto.

55,2% indicaram que nunca sentem dores na coluna, quando usam sapatos de salto alto.
 
Tabela relacionando as dores na coluna com a utilização de salto alto.
 
O percentual das respondentes que disseram nunca sentir dores na coluna, quando usam sapatos de salto alto diminui com a idade, de acordo com a tabela abaixo:
 
Tabela relacionando as dores na coluna, a utilização de salto alto e a faixa etária das respondentes.
 

Intensidade

As respondentes que disseram ter dor na coluna, quando usam sapatos de salto alto: 37,2% reportaram ter dor leve, 46,5% dor moderada e 16,3% dor intensa. Abaixo, a tabela de distribuição.
 
Desenho mostrando a escala de dor, entre os números 0 a 10.
 
Tabela mostrando a relação entre a dor na coluna com a utilização de salto alto.
 
58,2% das respondentes que disseram sentir dor na coluna, quando usam sapatos de salto alto afirmaram que a dor persiste mesmo usando sapatos de salto alto baixo. 41,8% afirmaram não sentir dor sem salto ou, interpretando, 41,8% das pessoas com dor na coluna quando usam salto é causada pelo o seu uso.
 

Dor no Tendão de Aquiles

62,7% das respondentes afirmaram que não sentem dor no tendão de Aquiles, quando usam sapatos de salto alto. Segue tabela.
 
Tabela mostrando a relação entre a utilização de salto alto e a dor no tendão de Aquiles.
 

IMC

Quanto maior o IMC, menor o percentual das respondentes que afirmaram que nunca tiveram dor no tendão de Aquiles.
 
Tabela mostrando a relação entre as dores no tendão de Aquiles sem o uso de salto alto, fazendo uma comparação com o IMC das respondentes.
 
Das pessoas que tem dor no tendão de Aquiles, quando usam sapatos de salto alto, 36,1% afirmaram usar algum tipo de salto para amenizar as suas dores.

Observação: o uso frequente de sapatos de salto alto provoca o encurtamento do tendão de Aquiles, que causa dor quando se usa sapatos sem salto. 36,1% das respondentes disseram tentar amenizar a dor calçando sapatos com algum salto.
 
Imagem mostrando as pernas de uma mulher com salto alto.
 

Veja também:

Características da amostra

Consumo de sapatos de salto alto – Quantos pares de sapatos de salto alto tem a mulher brasileira?

Consumo de sapatos de salto alto – Costume do uso do salto

Consumo de sapatos de salto alto – Modelos mais usados

Meias e outras considerações no uso de sapato de salto alto

Dores no uso de sapato de salto alto

Calos, bolhas, inchaços e quedas e outras considerações

Prioridades de fatores no uso do sapato alto

Características dos pés

Características dos pés – problemas comuns