Fratura sesamóide tratamento

Em cada pé, possuímos 26 ossos, entre eles há o osso sesamóide que, geralmente, está próximo de ossos longos e tendões, podendo variar a quantidade desses ossos de pessoa para pessoa.

Os sesamóides do pé ajudam nos movimentos de caminhar e correr, e dependendo do impacto do pé com o solo nessas atividades, pode ocorrer a inflamação, chamada sesamoidite e a fratura do osso sesamóide.
 

Os ossos dos pés e sua disposição no salto alto.

Os ossos dos pés e sua disposição no salto alto.

Os ossos podem ser avaliados por exames de raio-x, tomografia e clínicos, que irão indicar o tratamento conservador mais indicado para a recuperação, tais como a estabilização do pé com gesso ou bota, o uso de anti-inflamatórios, o repouso, a fisioterapia e o uso de palmilhas ortopédicas.

É importante o diagnóstico e o tratamento precoce da fratura do osso sesamóide, para evitar a sua piora por causa das atividades realizadas em pé, que podem alterar o posicionamento do osso fraturado no pé. Nestes casos, uma cirurgia pode ser indicada antes do tratamento conservador.