Disque 4003-8033   ou

Capacidade de ficar em pé sem dor

Com relação as dores, primeiramente foi perguntado qual o tempo máximo que cada respondente aguenta permanecer em pé sem sentir dores. De forma geral, 63% dos homens e 70% das mulheres dizem não conseguir permanecer mais de 3 horas em pé sem sentir dores. Acima de 6 horas, este valor passa para 90% dos homens e 92% das mulheres.

 
Tabela com a relação de horas que homens e mulheres ficam de pé sem sofrer com dores.
 

Quando se observa esta mesma variável em função da idade, nota-se que até os 50 anos de idade o número de horas em pé sem sentir dores é constante. Após esta idade, a tolerância a ficar em pé sem sentir dor reduz consideravelmente.

 
Gráfico com a relação de horas que homens e mulheres ficam de pé sem sofrer com dores.
 

É possível estabelecer relação semelhante quando observada a variável de IMC. Quanto maior o IMC, menor a capacidade de ficar em pé sem sentir dores.

 
Gráfico com a relação entre as horas passadas em pé sem dores e o IMC.
 

Clique nos links abaixo para saber mais detalhes sobre a pesquisa “Saúde e qualidade de vida: A relação com os pés, tornozelos e joelhos”.

Características da amostra

Saúde e atividade física

Longevidade desejada

Dores nos pés, tornozelos e joelhos

Impacto das dores no cotidiano

Como as dores são tratadas

Características dos pés

Doenças crônicas