Longevidade desejada

 
Fotografia de um casal praticando Ioga em uma praça ensolarada.
 

Longevidade desejada

Uma das relações mais interessantes da pesquisa são observações feitas sobre a longevidade desejada. As mulheres apontaram longevidade média desejada por volta de 88 anos, enquanto os homens esperam viver dois anos mais, cerca de 90 anos.

 
Gráfico com a relação entre a longevidade desejada e o gênero.
 

É interessante notar que os fumantes apresentam longevidade desejada quase 5 anos menor.

 
Relação entre a longevidade desejada e o tabagismo.
 

A longevidade desejada ainda será tema de estudo no decorrer desta pesquisa. Outras importantes relações serão traçadas, conforme os temas são desenvolvidos.

Longevidade desejada por faixa etária

Quando analisada a longevidade desejada das pessoas por faixa etária, foi interessante perceber que ao longo de suas vidas, uma porcentagem maior de homens quer viver mais do que 100 anos quando comparado com mulheres. E no final da vida, as mulheres tem menos desejo de viver mais que os homens.

 
Três gráficos, um com a relação entre longevidade desejada e gênero em gera, o outro apenas com o gênero masculino e o outro, apenas com o feminino.
 

Análise de regressão múltipla

Foram feitas 4 análises de regressão múltipla para determinar quais os fatores que influenciam significantemente:

    1. Capacidade de fazer exercícios vigorosos
    2. Capacidade de fazer atividades de intensidade moderada
    3. Auto avaliação da qualidade da saúde dos respondentes
    4. Quantos anos os respondentes desejam viver (longevidade)

Os resultados das regressões, com a interpretação dos coeficientes das variáveis independentes para cada um dos itens foram:

1. Regressão múltipla dos fatores que influenciam a capacidade de fazer exercícios vigorosos

  • Na média, homens são 6% mais capazes que mulheres no desempenho de exercícios vigorosos
  • Idade afeta pouco a capacidade de fazer exercícios vigorosos
  • Pessoas que fazem exercício aeróbico 7 vezes por semana são 23% mais capazes de fazer exercícios vigorosos que aqueles que não fazem exercício aeróbico
  • Pessoas com dor intensa nos tornozelos são 7% menos capazes de fazer exercícios vigorosos
  • Pessoas com dor intensa nos joelhos são 11% menos capazes de fazer exercícios vigorosos
  • Dor nos pés não foi uma variável significativa para o desempenho de atividade vigorosas, considerando nível de 95% de confiança

A capacidade de fazer exercícios vigorosos foi medida usando uma escala de o a 10:

 
Gráfico com  a relação de exercícios rigorosos.
 

2. Regressão múltipla dos fatores que influenciam a capacidade de fazer atividades de intensidade moderada

  • Pessoas que fazem exercício aeróbico 7 vezes por semana são 14% mais capazes de fazer atividade moderada que aqueles que não fazem exercício aeróbico
  • Pessoas com dor intensa nos tornozelos são 12% menos capazes de fazer atividades moderadas
  • Pessoas com dor intensa nos joelhos são 15% menos capazes de fazer atividades moderadas
  • Dor nos pés não foi uma variável estatisticamente significante para o desempenho de atividade moderadas, considerando nível de 95% de confiança

3. Regressão múltipla dos fatores que influenciam a auto avaliação da qualidade da saúde dos respondentes em uma escala de 0 a 10

  • Na média, homens se consideram 2% mais saudáveis que as mulheres
  • Quanto mais velho, melhor a avaliação da saúde
  • Pessoas que fazem exercício aeróbico 7 vezes por semana se consideram 30% mais saudáveis que aqueles que não fazem exercício aeróbico
  • Na média, fumantes avaliam ter uma saúde 4% pior do que não fumantes
  • Pessoas com diabetes se consideram 14% menos saudável que os que não tem
  • Pessoas com dor intensa nos tornozelos se consideram 7% menos saudáveis
  • Pessoas com dor intensa nos joelhos se consideram 11% menos saudáveis
  • Dor nos pés não foi uma variável significativa, considerando nível de 95% de confiança

4. Regressão múltipla dos fatores que influenciam quantos anos os respondentes desejam viver (longevidade)

  • Homens querem viver 1,4 anos a mais que mulheres
  • Quanto mais velha a pessoa, mais anos ela quer viver. Cada ano de vida a mais da pessoa, aumenta o desejo de viver em 0,3 anos
  • Pessoas que fazem exercício aeróbico 7 vezes por semana querem viver 4 anos a mais do que aqueles que não fazem
  • Pessoas que bebem não querem viver tanto quanto aqueles que não bebem. Para cada dia da semana que a pessoa bebe, o desejo de viver diminui em 3 anos
  • Pessoas que se consideram com uma saúde excelente querem viver 40 anos mais que aqueles com saúde ruim

Clique nos links abaixo para saber mais detalhes sobre a pesquisa “Saúde e qualidade de vida: A relação com os pés, tornozelos e joelhos”.

Características da amostra

Saúde e atividade física

Longevidade desejada

Dores nos pés, tornozelos e joelhos

Impacto das dores no cotidiano

Como as dores são tratadas

Características dos pés

Doenças crônicas