Disque 4003-8033   ou

Os metatarsos são cinco longos ossos localizados no antepé (região anterior aos dedos) e são responsáveis pela estabilização e suporte do pé aos desníveis do solo durante o caminhar. São ossos articulados com os dedos (falanges) e com os ossos do tarso (cuneiformes e cuboide), e estão envolvidos pela musculatura intrínseca dos pés. Alguns dos possíveis diagnósticos relacionados às dores em todos os metatarsos podem estar ligados a casos de metatarsalgia, Neuroma de Morton, hálux valgo (joanete),hálux rígido,pés cavos, calos, lesões e traumas, ou fraturas por estresse.

Dores nos metatarsos costumam atingir mais frequentemente mulheres do que homens, muito devido ao longo uso de salto alto no dia a dia. Para o tratamento desse tipo de dor, é importante fazer uma análise com médico especializado em pés, pois ele saberá diagnosticar de forma correta a causa das dores e as recomendações apropriadas para o caso.

Imagem ilustrativa com todos os ossos do pé denominados.

Ossos do pé

 

CAUSAS

As pessoas exercem, diariamente e de forma incorreta, grandes pressões em algumas regiões dos pés. O uso de sapatos inadequados e desconfortáveis por longos períodos de tempo, profissões que exigem que o funcionário trabalhe em pé durante grandes jornadas de trabalho ou até mesmo deformações e inflamações de algumas regiões dos pés podem ser algumas das possíveis explicações para as dores em todos os metatarsos.

As causas das dores podem estar ligadas a vários fatores, desde os relacionados aos excessos de cargas na região dos ossos metatarsais até a ocorrência de lesões e traumas. O sobrepeso também pode contribuir para o aumento da dor em todos os metatarsos, pois o excesso de massa pode sobrecarregar e pressionar, de forma exagerada, os ossos que estão ligados aos dedos do pé.

dor todos metatarsos pé

Região das dores nos metatarsos

Calçados inadequados
O mau uso de calçados é um fator fundamental para a ocorrência de dores nos metatarsos. Mulheres que costumam utilizar sapatos com salto alto frequentemente e/ou por longos períodos tendem a desenvolver dores e inflamações nos metatarsos em maior número do que homens. Isso acontece porque esse tipo de calçado altera a biomecânica do corpo, jogando o peso do indivíduo para frente e levando ao aumento de carga na cabeça dos metatarsos.

Tênis que pressionam o pé ou cadarços amarrados de forma muito apertada também podem contribuir para o aparecimento de dores. O uso de calçados rígidos também pode prejudicar os metatarsos, pois o pé sofrerá um impacto maior durante o andar, gerando atritos desnecessários em algumas regiões.

Por isso, é importante fazer uso de tênis e sapatos confortáveis durante o dia a dia, pois melhoram a distribuição das pressões nos pés e podem diminuir a ocorrência de dores em todos os metatarsos.

dor no primeiro metatarso calcado sapato apertado

Evitar esse tipo de calçado em casos de dores nos metatarsos

Sobrecargas
A região onde estão localizados os metatarsos está suscetível a grandes impactos ao caminhar e correr, principalmente com o uso de sapatos e tênis inapropriados. A realização prolongada de atividades físicas intensas, ou a prática de esportes de alto impacto (com grande uso de saltos e paradas bruscas), exige grande esforço da biomecânica do corpo e pode acelerar o processo de aparecimento de dores nos metatarsos ou o desenvolvimento de fraturas por estresse.

O excesso de peso também pode contribuir para uma maior incidência de dor nos metatarsos, devido ao aumento de pressão sobre os pés e, consequentemente, o desenvolvimento de lesões e inflamações.

Traumas
As dores nos metatarsos podem estar relacionadas a traumas e lesões que ocorrem, em alguns casos e de forma involuntária, devido a batidas em objetos rígidos (como camas, sofás ou portas), queda de objetos na região (é uma região muito suscetível a esse tipo de incidente, devido a sua localização) ou até mesmo a trombadas e soladas que ocorrem em partidas esportivas.

Em casos como esses e com a presença de dores agudas, o acompanhamento com médico especializado é fundamental para a realização de tratamento apropriado.

 

PRINCIPAIS PATOLOGIAS RELACIONADAS A DOR NOS METATARSOS

Metatarsalgia
É uma inflamação nos metatarsos e geralmente ocorre quando há uma sobrecarga muito grande nestes ossos. Está relacionada ao uso de salto alto e a prática de longas caminhadas ou esportes de alto impacto.

Neuroma de Morton
É o espessamento de um nervo que passa entre os metatarsos e ocorre, geralmente, entre o terceiro e o quarto metatarsos. Indivíduos com essa patologia têm a sensação de estarem pisando em pedras.

Pessoas com pés cavos possuem o arco plantar acentuado, o que contribui para o aumento da sobrecarga nos metatarsos. Essa patologia pode estar ligada à genética dos indivíduos e deve ser tratada com palmilhas especiais desde a infância.

Pessoas com esses tipos de deformidades têm uma maior rigidez dos dedos durante a caminhada e acabam pressionando exageradamente a cabeça dos metatarsos, contribuindo para a aparição de calos ou inflamações.

Fratura por estresse dos metatarsos
Esse tipo de fratura ocorre devido a longos períodos de sobrecarga nos cinco metatarsos. É frequente em praticantes de esportes de alto impacto e de corrida.

Sesamoidite
É um tipo de inflamação que acomete os ossos sesamoides (pequenos ossos esféricos próximos da articulação entre o primeiro metatarso e as falanges). São comuns em dançarinos.

Hálux valgo (joanete)
O joanete se forma devido ao desvio do “dedão” em direção ao outros dedos, e a contração do primeiro metatarso para o lado de dentro do pé. A maioria dos casos de hálux valgo se deve a fatores de hereditariedade.

Doença de Freiberg
É um distúrbio na cartilagem da cabeça do segundo metatarso e costuma se desenvolver durante a adolescência. Gera inchaços e dores bem localizadas.

Hálux rígido
É uma patologia que causa o aumento do atrito entre a falange proximal e o primeiro metatarso. É o tipo mais comum de artrose do pé e causa o aumento da rigidez do dedão, fazendo com o indivíduo tenha mais dificuldade para andar (por causa das dores derivadas do desgaste ósseo). Os tratamentos para essa patologia devem ser iniciados ainda nos estágios iniciais para evitar a perda total da movimentação do dedão e ocorrência de deformações.

 

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Como visto anteriormente, as causas das dores nos metatarsos podem ser provenientes de diversos fatores, desde a formação de calos até o desenvolvimento de uma fratura por estresse. Por essa razão, o diagnóstico exato do motivo da dor somente poderá ser feito por um médico especializado em pés, depois que uma análise da região afetada tenha sido feita. Em algumas situações, a causa da dor somente será encontrada após a realização de exames de imagem.

Devido a isso, os tratamentos para dor em todos os metatarsos também podem variar de acordo com o cada caso. Mas, no geral, algumas medidas podem ser tomadas para prevenir e aliviar as dores, como:

– Diminuir a carga e a intensidade de exercícios físicos;

– Perder peso, para diminuir a sobrecarga de massa nos ossos do pé;

– Aplicar gelo nas regiões afetadas durante 15 ou 20 minutos pode ajudar aliviar a dor;

– Deve-se ter uma maior conscientização quanto ao uso de salto alto e sapatos apertados, pois estes são os principais vilões das dores nos metatarsos;

– Uso de palmilhas Pés Sem Dor.

 

PALMILHAS PÉS SEM DOR® PARA DOR EM TODOS OS METATARSOS

A palmilha Pés Sem Dor ajuda a redistribuir a pressão localizada sob os metatarsos, aliviando a pressão na região. Para isso, ela tem um apoio retrocapital (elevação feita sob os ossos metatarsos), chamado piloto, que promove um suporte ao arco transverso, aumentando o espaço entre os ossos da ponta do pé, melhorando o apoio nas cabeças dos metatarsos e eliminando a dor.

Imagem ilustrativa das palmilhas ortopédicas Pés Sem Dor

Palmilhas ortopédicas sob medida Pés Sem Dor