Alerta no carnaval: perigos para saúde dos pés e pernas

São Paulo, Carnaval de 2017 – A Pés Sem Dor dá continuidade à sua campanha que oferece exames gratuitos dos pés e pernas da população. Após as avaliações, os participantes ganham um laudo com os diagnósticos.

Segundo fisioterapeutas da empresa, é grande o número de foliões que bebem e se descuidam, quebrando ou fraturando ossos dos pés e pernas.

Mulheres são as maiores vítimas de dores e entorses, já que usam saltos, calçados mais apertados e costumam dançar mais.” diz Mateus Martinez, fisioterapeuta-chefe da empresa. É comum ainda que as pessoas procurem especialistas somente em casos agudos.

“Muitos tentam se automedicar, quando a alternativa é relaxar entre as festas. Todos os tecidos do corpo pedem descanso. Como o carnaval é longo, só ao final surgem as lesões, prejudicando a volta da rotina.” Conclui Martinez.

 

Imagem das pernas de uma mulher com roupa carnavalesca e salto alto.

Esporão, fascite plantar e metatarsalgia são comuns após a folia.


 


Para prevenir estas lesões, a Pés Sem Dor desenvolveu palmilhas ortopédicas sob medida. O produto traz diversas correções, principalmente para pisadas inadequadas.

“Depois de passar muito tempo em pé, pisadas incorretas causam fascite plantar, esporão de calcâneo e metatarsalgia. Casos agudos destes quadros aumentam depois do carnaval.” Diz Beatriz Costa, fisioterapeuta especializada em pés e pernas.

Tênis é o recomendado para a folia. Se tiver que usar salto, a melhor opção é o modelo sem bico fino. Em ambos os calçados, a palmilha é capaz de aumentar o conforto e prevenir dores na quarta-feira de cinzas.” Conclui Beatriz, que examina seis pessoas diariamente.

A campanha de avaliações ocorre de terça à sábado em horário comercial. No período do carnaval, funcionará durante todo o sábado e na quarta-feira de cinzas, a partir de 12h.

Fontes e personagens diversos estão à disposição
Para entrevistas, contacte o public relations Lucas de Freitas no
(11) 3373-8198 ou (11) 9484-17954

 

A Pés Sem Dor é a primeira a confeccionar palmilhas ortopédicas sob medida em escâneres e impressoras 3D. Foi criada em 2009 pelo americano Thomas Case, que também é fundador da classificados de emprego Catho. Já atendeu mais de 50 mil pessoas e conta com parceiros na Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e China.
Lucas de Freitas
Public Relations – MTB 0082792/SP
(11) 3373-8198 / (11) 9484-17954
lucas.freitas@psdbrasil.com.br
Pés Sem Dor Brasil, Ltda
Alameda Ribeirão Preto, 130, Conjunto 81 – Bela Vista, São Paulo/SP – CEP 01331-000