Dores no tornozelo causadas pelo salto alto

O salto alto é um calçado que preza mais pela beleza do que pelo conforto. Por conta disso se torna o causador de diversas dores nos pés, tornozelos e joelhos.

A pesquisa “O salto alto e a mulher brasileira”, que contou com a participação de 1.835 mulheres, constatou que 46,7% das respondentes sofrem com dores no tornozelo, sendo uma dor de intensidade moderada.

 

Imagem de uma tabela com os dados sobre a intensidade da dor.

1-3: dor leve; 4-6 dor moderada; 7-10: dor intensa.


 

Em relação ao lado da dor, o equilíbrio impressiona. Tanto quanto o lado de dentro quanto o lado de fora são afetados.

 

Imagem de uma tabela com a porcentagem indicando qual lado do tornozelo é mais afetado.

O lado de fora do tornozelo é um pouco mais afetado que a parte de dentro.


 


Diferentemente de outras regiões, como o metatarso, as dores no tornozelo persistem mesmo com a utilização de sapatos sem salto. 32,9% afirmaram que também sentem usando os sapatos sem salto.

As torções de tornozelo também são recorrentes a quem usa o salto alto, 55,4% disseram já ter torcido o tornozelo enquanto vestiam sapatos de salto alto.

Diferentemente das dores no tornozelo, as torções aumentam significativamente de acordo com o IMC.

 

Imagem de uma tabela com a relação das torções de tornozelo com o índice de IMC.

Quanto maior o IMC, maior a ocorrência de torções.


 

CAUSA


Pela sua estética o sapato de salto modifica a estrutura da pisada. Os músculos ao redor do tornozelo são forçados mais do que o comum e além de trazer dor momentânea, em longo prazo, o uso constante do salto alto pode ocasionar problemas mais graves na musculatura.

 

Imagem ilustrativa com o tamanho dos saltos.

A partir de 8cm é considerado salto alto.


 

MINIMIZANDO A DOR


Para aliviar o incômodo recomenda-se tirar o salto enquanto está sentada, fazer alongamentos em casa como subir na ponta dos dedos dos pés descalços repetidamente, e com rebaixamento de calcanhar, parando na beira de uma escada e lentamente descendo os calcanhares.

Métodos tradicionais como colocar os pés para cima e aplicar gelo na região dolorida são medidas que também aliviam as dores causadas pelo salto.

Para prevenir as dores e prolongar o período com as palmilhas sem sentir dor, as palmilhas Pés Sem Dor para salto alto são indispensáveis.

 

Imagem ilustrativa de uma palmilha da Pés Sem Dor própria para salto alto.

As palmilhas para salto são mais finas que as normais.