Osteoporose

Idosos são vulneráveis a osteoporose

1. Idosos são vulneráveis a osteoporose

O QUE É OSTEOPOROSE

A osteoporose é a principal doença óssea metabólica e está fortemente relacionada com o avançar da idade, afetando mulheres numa proporção quatro vezes maior do que homens. É uma patologia pouco sintomática e os pacientes costumam ser diagnosticados em estágios avançados da doença, geralmente, após a ocorrência de alguma fratura. Ainda não existe uma cura definitiva para a osteoporose, mas os tratamentos existentes são eficientes no retardamento de sua progressão e no controle das dores.

A osteoporose é uma doença que causa o enfraquecimento da estrutura óssea, deixando-a vulnerável aos impactos ocorridos durante o cotidiano, levando à degeneração e a perda gradual da densidade do osso. Sua ocorrência está intimamente ligada à perda de cálcio ou à falta de vitamina D no organismo.

Os ossos do corpo humano estão em constante processo de renovação: células velhas são destruídas e substituídas por novas, para manter o bom funcionamento do sistema musculoesquelético. Essa remodelação recebe o nome de reabsorção óssea e, geralmente, há um equilíbrio entre o que é destruído e o que é gerado pelo organismo.

Entretanto, em algumas pessoas, esse processo ocorre de forma debilitada e o corpo entra num processo degenerativo, onde há maior perda de massa óssea do que o organismo é capaz de produzir para evitar danos. Com isso, há o desenvolvimento da osteoporose, que causa o aumento da porosidade do osso e faz com que ele fique mais frágil e suscetível a fraturas.

Conforme o avançar da idade, também há um aumento do processo degenerativo e, por isso, os idosos são alvos fáceis dessa doença. Mulheres após a menopausa também são vulneráveis da osteoporose.