Tendinite do calcâneo

13 de março de 2015

Tendinite do calcâneo é uma condição degenerativa do tendão do calcâneo, também chamado de tendão de Aquiles. Essa condição normalmente acomete praticantes de atividades físicas e pode chegar ao rompimento desse tendão, caso o tratamento não seja eficaz. A tendinite de calcâneo tem uma relação muito íntima com atividade física. 70% dos pacientes que desenvolvem essa patologia praticam esportes e 9 em cada 10 desses pacientes são corredores. As outras modalidades esportivas que também costumam apresentar tendinite de calcâneo são o tênis, badminton, voleibol e futebol.

 

tendinite calcaneo

1. Tendinite de calcâneo

 

Os tendões são formados por um tecido fibroso com fibras alinhadas em paralelo e pouco vascularizadas. Essas fibras fazem a transferência de força dos músculos para os ossos. O tendão do calcâneo liga o tríceps sural (panturrilha) ao calcâneo e é um dos responsáveis por saltos e por ficar na ponta dos pés. Na tendinite de calcâneo o alinhamento das fibras fica alterado, existem microrupturas e degeneração da estrutura, normalmente acometendo uma região de 2 a 6 centímetros acima do osso calcâneo, que é uma zona com vascularização reduzida (chamada de tendinite não-insercional). Ou pode acometer a junção do tendão com o osso calcâneo (chamada de tendinite insercional), esse tendão ficará mais espesso e o paciente apresentará dor durante a palpação.

 

O que causa a tendinite de calcâneo

As principais causas da tendinite de calcâneo estão relacionadas com treinos muito intensos ou excesso de carga, que aumentam a tração do tendão. Quando essa tensão é maior que a que o tendão pode suportar e o tempo de recuperação é menor que o necessário, acontece a lesão. Da mesma forma, alterações da mecânica e da pisada (como as pisadas pronada ou supinada) causam desalinhamento dos pés e as forças exercidas no tendão são mal distribuídas, também levando à lesão. Outros fatores corroboram para o surgimento da tendinite, como:

– O uso de calçados inadequados;
– O aumento na intensidade ou alteração de treino;
– Sobrepeso;
– A falta de flexibilidade;
– Os traumas repetitivos.

 

tendinite calcaneo tipos de pisada supinada pronada

2. Pisada pronada e supinada

 

Principais sinais e sintomas da tendinite de calcâneo

A dor da tendinite de calcâneo pode ser aguda (início súbito) e assim normalmente aparece após as atividades físicas. Mas também pode ser crônica e nesse caso a dor é pior no início das atividades e não desaparece. Normalmente, apresenta alguns sintomas associados:

Rigidez e dor miofascial (no músculo e nos tecidos em volta dele) na panturrilha;
Dor no calcanhar e na sola do pé;
Dor na palpação da panturrilha e do tendão;
Perda de força do tríceps sural (músculo da panturrilha).
Nos casos crônicos e sem tratamento, pode ocorrer o rompimento do tendão, também conhecida como “síndrome da pedrada”, pois o paciente sente como se tivesse sido atingido por uma pedra no calcanhar. Esses casos são graves e, normalmente, tratados cirurgicamente.

tendinite de calcaneo tendao rompido

3. Ruptura do tendão do calcâneo

 

Como tratar e prevenir a tendinite de calcâneo

Para prevenir o aparecimento da tendinite de calcâneo, o paciente deve evitar fatores de risco, como, por exemplo, diminuir a carga dos treinos, usar calçados adequados (que otimizam o amortecimento de impacto de acordo com a atividade física), além de:

Alongar a perna (panturrilha), para melhorar a elasticidade dos músculos panturrilha e do tendão;
Fazer fisioterapia, que auxiliará na redução dos sintomas e na melhora da mecânica e desalinhamentos;
Fazer tratamento com ondas de choque;
Realizar exercício excêntrico (exercício de força, enquanto se faz a volta de um movimento) para a panturrilha;
Usar palmilhas Pés Sem Dor.
Os casos de tendinite de calcâneo normalmente são de difícil resolução e sua recuperação é demorada.

 

Dicas para aliviar as dores da tendinite de calcâneo

Condutas simples e que podem ser feitas tranquilamente em casa ajudam a aliviar as dores:

– Alongar as panturrilhas por 30 segundos, três vezes cada.
– Aplicar gelo no local da dor com uma bolsa ou submergindo o pé em um balde com água e gelo reduz a dor e controla a inflamação.
– Realizar exercícios excêntricos. Ficar na ponta dos pés com ambos os pés e descer devagar, apenas com a perna que dói, três vezes de 15 repetições, duas vezes ao dia. (Sempre consulte um fisioterapeuta para orientações).
– Massagear as panturrilhas reduz a tensão e alivia as dores miofasciais.
– Fazer uso de anti-inflamatórios prescritos por médico, que ajudam no controle da dor e inflamação e devem ser aliados a terapias para sanar a causa da dor.

 

tendinite calcaneo alongamento

5. Alongamento da panturrilha com toalha

 

tendinite calcaneo exercicio alongamento

6. Exercício excêntrico para a panturrilha

 

Como a palmilha Pés Sem Dor atua na tendinite de calcâneo

A palmilha Pés Sem Dor desloca suavemente o centro de massa da pessoa para frente, com uma elevação na região posterior do pé (sob o calcanhar). Sendo assim, o músculo tríceps sural (panturrilha) faz menos força para impulsionar o corpo, além de não tracionar o tendão. Isso reduzirá a carga sobre o tendão e diminuirá a inflamação e a dor. Além disso, a palmilha corrige desalinhamentos e melhora a mecânica do caminhar ou do correr, resolvendo a causa do problema.

tendinite calcaneo palmilha pes sem dor

7. Palmilha para tendinite de calcâneo

 

Cirurgia de tendinite de calcâneo

Nos casos mais graves, em que o tratamento conservador (de no mínimo seis meses) não foi efetivo, pode-se optar por uma cirurgia para retirar as partes degeneradas e melhorar a vascularização. Esses casos geralmente são muito complicados e a recuperação pós-cirúrgica é muito demorada e dolorosa. Além disso, não há certeza de resolução do problema. Quando o quadro se agrava a ponto de ocorrer o rompimento do tendão, a cirurgia é aconselhável para reconstruí-lo, pois o tratamento conservador normalmente apresenta resultados insatisfatórios.

tendinite calcaneo cirurgia tendao rompido

8. Reparação do tendão rompido com cirurgia

Quer saber mais sobre tendinite de calcâneo? Tem alguma dúvida? Escreva para nós!