Diferença entre as compressas quente e fria

30 de janeiro de 2012

As compressas frias são para os casos em que vasos sanguíneos são rompidos e aparecem inchaços ou hematomas, como manchas roxas. Além de funcionar como anestésico, a baixa temperatura também contrai os vasos sanguíneos, fazendo com que o vazamento de sangue diminua, assim como os inchaços ou hematomas. São indicadas durante o período de dor aguda dos traumas, desde que não possuam feridas abertas.

compressa quente fria

1. Compressa

 

Após esse período (geralmente alguns dias), pode-se aplicar a compressa quente, que serve para relaxar o local e reduzir o endurecimento das articulações, e deve ser usada quando não há inchaços, a região não está mais quente ou depois que eles diminuírem. Ela aumenta o volume de fluxo sanguíneo melhorando a circulação local. Também pode ser usada em dores musculares como cólicas, onde os músculos estão rígidos e necessitam de relaxamento.

Não se esqueça de tomar cuidado na hora de fazer sua compressa, ou você pode queimar sua pele! Para que isso não aconteça, coloque sempre um pano entre o gelo e a pele no caso da compressa gelada, ou no caso da quente verifique a temperatura da água antes de utilizá-la. Também é importante não deixá-las em contato com a pele por mais de 25 minutos, e fazer sempre um intervalo de no mínimo 2 horas entre cada aplicação.