Disque 4003-8033   ou

“Características dos Pés: A importância do futebol na vida do brasileiro e sua influência nos pés, tornozelos e joelhos”

8-1

Características dos pés

Os pés dos respondentes que jogam, ou jogavam futebol foram caracterizados em relação ao formato, tipos de dedos, deformidades e comprimento e volume (em relação ao tamanho da chuteira). Estas características ainda foram relacionadas com dores e problemas nos pés.

Tipo de pé

O tipo de pé é determinado pelo formato do arco, que podem ser separados em 5 grupos: pés muito chatos, chatos, normais, cavos e muito cavos (como na imagem abaixo). Observa-se que apesar da prevalência na população para o tipo de pé normal, há percentual populacional relevante com níveis de pés chatos e cavos. Dentre aqueles que jogam ou jogavam futebol há um percentual um pouco menor de pessoas com pés cavos.

Tipo de pé.

Tipo de pé.

8-3

Deformidades nos pés

Deformidades como joanetes, dedos em garra e dedos em martelo também foram avaliadas pela pesquisa.
O joanete é classificado em 5 graus (como mostrado na figura abaixo) e o que se viu quando comparado quem joga ou jogava futebol e quem nunca jogou, é que há uma tendência de piores graus de joanete em quem nunca jogou futebol e isso é ainda maior entre as mulheres.
Tal fato pode estar relacionado a idade dos praticantes de futebol (em sua maioria pessoas mais novas), uma vez que o joanete progride com a idade.
Além disso, a prática esportiva e uso constante da musculatura do pé pode contribuir para não formação do joanete.

Joanete em quem pratica futebol.

Joanete em quem pratica futebol.


Níveis de joanete.

Níveis de joanete.

Além do joanete que é uma deformidade do hálux (dedão) os outros dedos dos pés também podem apresentar problemas, como ficar em formato de garra, em martelo ou estarem sobrepostos, como mostrado nas figuras abaixo.

Tipos de dedos.

Tipos de dedos.

Sobre a sobreposição de dedos, entre aqueles que jogam ou já jogaram futebol, as mulheres têm uma incidência significantemente maior que os homens.

Dedos sobrepostos.

Dedos sobrepostos.

Para o dedo em garra ou em martelo padrão parecido é observado. Contudo, homens que nunca jogaram futebol tem mais dedos em garra ou martelo do que quando comparado as mulheres do mesmo grupo.

Dedos em garra ou martelo.

Dedos em garra ou martelo.

Formato dos dedos

A pesquisa buscou, também, qualificar o formato dos dedos dos respondentes, dentre os 5 tipos abaixo.

Formato dos dedos.

Formato dos dedos.


Formatos dos dedos.

Formatos dos dedos.


Gráfico dos formatos dos dedos.

Gráfico dos formatos dos dedos.

No entanto, não foi identificado nenhuma relação entre o formato dos dedos, prática do futebol ou possíveis dores nos pés.

Volume dos pés

Por fim, foi analisado como as pessoas que jogam futebol tem a adaptação dos seus pés às suas chuteiras em relação a largura dos pés, o comprimento e os possíveis efeitos da má adaptação.
Quanto a largura dos pés, foi visto que 30% das pessoas que jogavam antigamente diziam que as chuteiras apertavam as laterais dos pés, oposto aos quase 40% que jogam atualmente. Isso pode apontar para uma mudança do formato das chuteiras feitas atualmente, que tem assumido uma forma mais fina e ao fato de que no Brasil não se vende calçados e chuteiras por largura, e sim apenas por comprimento.

Volume dos pés na chuteira.

Volume dos pés na chuteira.

Usar a chuteira apertada nas laterais, além de um possível desconforto também causa aumento da frequência de formação de bolhas.

Bolhas quando se usa chuteira apertada.

Bolhas quando se usa chuteira apertada.

Tamanho da chuteira

No que diz respeito ao comprimento das chuteiras, 16% dos jogadores usam ou usavam chuteira que apertava nos dedos e 10% chuteiras com folga na frente.

Efeito da chuteira nos pés.

Efeito da chuteira nos pés.

Foi calculado também o tamanho médio do pé do que jogam ou jogavam futebol.

Tamanho médio dos pés.

Tamanho médio dos pés.