Disque 4003-8033   ou

“Lesões relacionadas ao futebol: A importância do futebol na vida do brasileiro e sua influência nos pés, tornozelos e joelhos”

6-1

Lesões relacionadas ao futebol

O futebol é conhecido por ser um esporte de alta intensidade e impacto e por vezes é associado a lesões. Portanto essa pesquisa buscou entender quais as principais lesões sofridas no futebol e suas características no que tange, gênero, material esportivo e especificidades do jogo.

Tipos de lesão

Foi indagado quais tipos de lesão as pessoas já sofreram. Seja praticando alguma outra atividade física (para aqueles que não jogam futebol) ou jogando futebol.
Para aqueles que jogam ou jogavam futebol se vê que lesões de tornozelo, como entorses, e lesões musculares são mais comuns, no entanto, lesões no pé, como a fascite plantar, são bem menos comuns entre aqueles que jogam futebol.
Isso pode ser explicado justamente pelo fato do futebol ser um esporte de alta intensidade e impacto, mas não de grande volume (ou seja, acumulo de tempo em pé ou correndo).

Tipos de lesão.

Tipos de lesão.

Ocorrência de Lesões

Com relação a ocorrência geral de lesões, separada pelo grupo que nunca jogou futebol, mas pratica alguma outra atividade, e o grupo que joga ou jogava, é possível verificar que o segundo grupo sofre o dobro de lesões quando comparado ao grupo que nunca jogou futebol. Além disso, para o grupo que joga ou jogava, os homens são mais susceptíveis a lesão do que as mulheres, enquanto que para o outro grupo as porcentagens são similares.

Lesões no futebol.

Lesões no futebol.

Lesões por tipo de futebol

Analisando a ocorrência ou não de lesão pelo tipo de futebol jogado e comparando entre o grupo que já parou de jogar e o grupo que ainda joga observa-se dados interessantes. Para quem jogava no passado, a distribuição entre os tipos de futebol era muito similar, com discreto maior número de lesões para quem jogava futebol de areia. Atualmente o futebol Society é o vilão com maior número de lesões. Mais da metade (55%) das pessoas que joga Society já sofreu alguma lesão, enquanto que para todos os outros esportes esse número é menos da metade.
O tipo de futebol mais seguro se mostrou ser o futevôlei, que é o único tipo de futebol, entre todos que não existe contato físico.

Lesões por tipo de futebol.

Lesões por tipo de futebol.


6-5
Lesão por tipo de futebol.

Lesão por tipo de futebol.

Foi ainda possível agrupar as lesões por região, a fim de identificar qual a região mais acometida por lesões entre os diferentes tipos de futebol.
Como visto anteriormente, o tornozelo é a região mais acometida entre todos os tipos de futebol, e no caso dos tipos que envolvem areia, essas lesões são ainda mais evidentes (53,2% do futebol de areia e 66% do futebol de vôlei). Isso pode ser explicado pelo fato do terreno irregular da areia e pelo fato de serem tipos que se jogam descalços, ou seja, sem a proteção de chuteiras e palmilhas.
Analisando o Society, que é aquele com maior número de lesões, é possível ver que há uma divisão entre lesões do tornozelo, muscular e do joelho, 32%, 30% e 24% respectivamente.
A região menos acometida dentre todos os tipos foi o pé, de 12 a 16%, com exceção dos tipos com areia, também provavelmente pelo fato de terem seus pés desprotegidos.

Região mais lesionada.

Região mais lesionada.

Lesões por posição

Segmentando a presença ou não de lesões por posição dos jogadores foi visto que o atacante e o lateral (ala) são aqueles que mais sofrem com lesões (45% dos casos) e o goleiro é a posição mais segura (40% sofrem com lesões). Isso pode ser relacionado com o fato do lateral ser aquele que geralmente percorre maior distância durante o jogo e o atacante aquele que enfrenta os zagueiros, normalmente fortes, tendo mais contato físico. Já os goleiros, percorrem uma distância pequena, pois ficam mais parados e tem pouco eventos de contato físico durante o jogo.

Lesões por posição.

Lesões por posição.

6-9

Tipo e marca de chuteira

A fim de identificar o efeito dos artigos esportivos, como chuteiras, palmilhas e tornozeleiras nas lesões foram feitas análises pelo grupo de região da lesão.
Atentando-se inicialmente às chuteiras o que chamou a atenção foi o fato da chuteira da marca Rebook causar aproximadamente metade das lesões de joelhos do que todas as outras marcas, ao passo que é a pior para lesões de tornozelo (45%), seguido pela Mizuno (41%). A chuteira da marca Nike foi aquela que se mostrou mais segura para lesões de tornozelo, que é a principal lesão do jogador de futebol.

Marca das chuteiras.

Marca das chuteiras.

Além da marca de chuteira, foi avaliado qual efeito do tipo de chuteira (cravo, sem cravo, cravos pequenos ou sem chuteira) nesses grupos de lesão. O que se viu novamente foi uma predominância das lesões em tornozelo em geral e um percentual maior de lesões no joelho para quem usa chuteira de cravos grandes, normalmente usada em futebol de campo. O que se pode explicar pelo fato desse tipo de cravo criar mais aderência ao solo e aumentar o torque de rotação no joelho, favorecendo as lesões.

Região da lesão.

Região da lesão.

Uso de palmilha e lesões

Com relação ao uso de palmilhas se viu que para quem usa palmilha há menos lesão musculares do que para quem não usa.
Lembrando que nessa análise, o grupo de palmilhas ortopédicas inclui todos os tipos de palmilha.

Lesões com o uso de palmilha ortopédica.

Lesões com o uso de palmilha ortopédica.

resolvido

Palmilhas ortopédicas Pés Sem Dor.

Palmilhas ortopédicas Pés Sem Dor.