LiveZilla Live Help

Dor nos dedos

Os dedos dos pés são constituídos, cada um, por três ossos:
A falange proximal, a mais próxima do pé, no comecinho do dedo (ligada, por
meio da articulação metatarsofalangeana, aos metatarsos); as falanges
intermédias, no meio do dedo; e a distal, que é a ponta do dedo, todos unidas
entre si pela articulação interfalangeana, exceto o dedão,que não
possui a falange intermédia. Suas principais funções estão relacionadas ao
apoio e equilíbrio do pé às mais variadas atividades, desde o andar até o ato
de saltar e correr.

Por ser uma região relativamente sensível e exposta, está sujeita à ocorrência
de dores devido a traumas e lesões. As deformidades dos dedos são as maiores
causas de dor e incômodo na região, mas outros diagnósticos também podem
estar relacionados à dor nos dedos, como a artrose, unhas encravadas, calos.

dor nos dedos pé

1. Estrutura dos dedos

Causas da dor nos dedos

A maioria das causas de dores nos dedos está ligada às deformidades, principalmente quando os indivíduos possuem os dedos em formato de garra ou martelo. Segundo a “Pesquisa: Os pés brasileiros”, aproximadamente 11,4% dos brasileiros apresentam esses tipos de alteração nos dedos.

  • Unhas encravadas e a dor nos dedos

Unhas mal cortadas, traumas nos dedos e pré-disposição genética são alguns dos fatores que podem influenciar na ocorrência de unhas encravadas. Esse tipo de problema na unha pode causar fortes dores nos dedos e são perigosas para o bem estar do indivíduo, pois pode contribuir para o desenvolvimento de inflamações e infecções, e atrapalhar nas atividades cotidianas.

  • Calçados inadequados e a dor nos dedos

O uso prolongado de tênis e sandálias inadequados pode acarretar em dores nos dedos. O risco aumenta ainda mais se o sujeito utiliza, com muita frequência, sapatos rígidos ou com bico fino. Isso ocorre porque esses tipos de calçados pressionam e apertam, inapropriadamente, os dedos dos pés, podendo causar calos ou deformidades dos dedos.

dor dedos pé calçados sapatos

2. Sandália de bico fino e a dor nos dedos

 

Principais patologias que causam dor nos dedos

  • Artrose

A artrose é uma patologia degenerativa e progressiva que desgasta a cartilagem das articulações entre os ossos. Ela pode acometer os dedos, causando rigidez e dores bem localizadas.

 

  • Deformidades em garra e em martelo

Esses dois tipos de alterações nos dedos ocorrem por causa da retração e encurtamento dos músculos localizados nessa região do pé e afetam na posição dos dedos durante o caminhar. Devido à sobrecarga nessa região, é comum pessoas com dedos em garra ou martelo sentirem dores. A origem dessas deformidades, normalmente, está ligada ao uso de calçados inadequados.

 

dor dedo pé deformidade martelo garra

3. Formato dos dedos em garra/martelo

 

  • Calos

Mesmo não causando dores, os calos podem oferecer fortes incômodos a quem os tem. Eles são espessamentos de pele que ocorrem devido ao atrito dos dedos com os calçados (que se intensifica quando o sapato é rígido e apertado).

  • Neuroma de morton

Essa patologia causa o engrossamento de um nervo que passa entre os metatarsos e pode gerar dor, perda de sensibilidade, formigamento, vermelhidão e inchaço, principalmente entre o terceiro e o quarto dedos.

dor dedos pé neuroma morton

4. Neuroma de Morton

 

  • Bunionette

É um tipo de joanete que acomete o dedo “mindinho” e acontece por causa do desvio do quinto dedo em direção aos outros dedos do pé. Seu surgimento está relacionado à aplicação contínua de pressão na lateral dos pés, pode fazer com que os dedos fiquem sobrepostos.

dor dedo pé bunionette

5. Bunionette

 

Tratamento para dor nos dedos

Para cada caso de dor, há um tipo diferente de tratamento. O diagnóstico para avaliar as melhores formas de aliviar os incômodos deverá ser realizado por médico especializado e, em alguns casos, somente poderá ser feito após a realização de exames de imagem.

Mas, algumas medidas podem ser tomadas para aliviar as dores, como por exemplo:

  • Diminuição da carga de exercícios físicos;
  • Usar sapatos confortáveis e diminuir a utilização de sapatos com bico fino ou salto alto;
  • Usar palmilhas Pés Sem Dor.

 

PALMILHAS PARA DOR NOS DEDOS

O uso de palmilhas Pés Sem Dor melhora o alinhamento dos dedos e contribui para uma correta distribuição da pressão absorvida pelos pés. Para isso, possui uma elevação e um amortecedor sob os metatarsos, o que diminui a sobrecarga e distribui melhor os dedos.

6. Palmilhas Pés Sem Dor para dor nos dedos, com amortecedor e piloto

6. Palmilhas Pés Sem Dor para dor nos dedos, com amortecedor e piloto

Sorteio encerrado “O salto alto e a mulher brasileira”. Clique aqui e saiba quem são as 6 ganhadoras!