Disque 4003-8033   ou

Dor no tornozelo

O tornozelo é uma articulação estável, que une as pernas aos pés, formado
formado por três ossos, ligamento e tendões, que ajudam em sua estabilidade.
Sua função é receber a carga do corpo e distribui-la para os pés, que, por sua
vez, adaptam o corpo ao solo e distribuem a carga nas irregularidades do terreno.
Por assumir toda essa carga, é comum que o tornozelo acumule alguns estresses,
portanto, está propenso a lesões, dores e incômodos.

A DOR NO TORNOZELO

A dor no tornozelo pode ocorrer devido a entorses, fraturas, traumas e algumas patologias, como artrose e tendinites, mas principalmente pela sobrecarga e a forma inadequada e desalinhada de pisar.

As dores no tornozelo aparecem sob ou bem próximas aos maléolos, que são os ossos salientes do tornozelo. Podem aparecer tanto no osso de dentro, quanto no lateral, o osso de fora. As principais sensações de dor são de pontadas e queimação, ainda mais sentida quando se está de pé ou ao realizar alguma atividade. Essas dores podem não significar nada grave, mas quando elas vêm acompanhadas de outros sintomas, como inchaço e até mesmo incapacidade de caminhar ou suportar peso, é preciso procurar um médico especializado para passar o diagnóstico correto e possíveis tratamentos.

dor tornozelo

2. Local da dor

 

O desalinhamento e a dor no tornozelo

A principal causa das dores no tornozelo é o desalinhamento, que pode ser em varo ou em valgo. Explicando melhor: o desalinhamento em varo é quando o calcanhar vai para dentro (bem relacionado com a pisada supinada), e o desalinhamento em valgo é quando o calcanhar vai para fora (bem relacionado com a pisada pronada e pés planos). Quando essas alterações acontecem, um lado sofre com o impacto dos ossos e o outro com o estiramento dos tendões e ligamentos, causando a dor.

O desalinhamento em valgo estira as estruturas e comprime a parte lateral do tornozelo, podendo causar a síndrome do túnel do tarso, tendinite dos tendões que passam por ali (como o tibial posterior) e dor nos maléolos. ; o desalinhamento em varo estira as estruturas e comprime a parte medial do tornozelo, podendo causar tendinite, entorses e dor na região.

Outro fator de dor é a instabilidade do tornozelo. Quando o indivíduo apresenta entorses repetidamente, o tornozelo pode ficar instável e a função dos ligamentos fica comprometida. Isso gera falta de confiança e equilíbrio para as atividades normais, causando dores e o aumento do risco de quedas.

 

Traumas e a dor no tornozelo

Fraturas, entorses, e outras lesões são comuns de acontecer no dia a dia, e também podem causar uma dor forte no tornozelo. Infecções no tornozelo são raras de acontecer, mas são algumas das responsáveis por causar dores. A área afetada pode ficar avermelhada, quente, inchada e rígida.

De todas, a entorse é uma das lesões mais comuns e provoca estiramento ou ruptura de um ou mais ligamentos do tornozelo. Nos casos mais graves pode haver fratura e a necessidade de um tratamento cirúrgico. Por isso, se houver algum trauma na região, é necessário ir ao médico e verificar o que essa lesão pode afetar e como tratar.

 

Sobrecarga e a dor no tornozelo

A sobrecarga é um dos fatores que pode causar vários problemas, como as tendinites, por exemplo. Por isso, é sempre importante manter o peso ideal, pois quilos a mais podem colocar pressão sobre os tornozelos e causar dor. Além disso, é preciso tomar cuidado com a intensidade e repetição dos exercícios físicos. Os atletas têm mais chance de ter dores por sobrecarga, por se esforçarem muito e realizarem treinos pesados, portanto, é necessário que saibam que modificar o treino de uma hora para outra pode causar bastante dor, tanto no tornozelo quanto nas regiões dos pés.

 

Ardência no tornozelo ao acordar

A ardência ou queimação no tornozelo pode ser relacionada com algum sintoma pode ser um aviso de que há algo errado, seja uma entorse que não foi tratada corretamente, uma lesão ou fratura ou algo mais grave. O mais recomendado é procurar um médico para examinar e diagnosticar os seus pés.

 

Calçados inadequados

Os calçados são fatores de extrema importância para a saúde dos pés. Eles podem ser os vilões, responsáveis por causar dores no pé, calcanhar e tornozelo. O problema acontece quando:

    • • Possuem um solado rígido que não absorve o impacto;

 

  • • A parte de trás é rígida e aperta a região do calcanhar e do tendão do calcâneo, podendo causar bolhas, inflamação e dor no Tendão de Aquiles e na Bursa.

O melhor para esses casos é usar sempre calçados confortáveis e palmilhas ortopédicas sob medida, que diminuem o impacto sobre os pés e protegem o calcanhar.