Vasoconstrição: saiba para que serve e como cuidar

Categorias Cuidados

Por Maria Morato | 29 de junho de 2022 | 0 comentários | 143 visualizações


A vasoconstrição é um processo perfeitamente normal e muito frequente quando fazemos certas atividades físicas ou mesmo quando a temperatura ambiente diminui. Mas o que é a vasoconstrição?

A vasoconstrição é um fenômeno em que os vasos sanguíneos passam por um tipo de estreitamento. Esse estreitamento é normal e ajuda o organismo a funcionar bem, como veremos. Veremos ainda, porém, que esse processo pode não ocorrer da forma esperada, ou seja, quando o estreitamento dos vasos sanguíneos acontece mais vezes do que deveria, o que causa alguns problemas de saúde.

Para ajudar você a entender um pouco mais sobre a vasoconstrição, a Pés Sem Dor preparou este texto informativo.Aqui você vai ficar sabendo para que ela serve e que problemas podem surgir quando ela não vai bem, além de cuidados para prevenir esses problemas..

Vasoconstrição: o que é e para que serve?

Como falamos, a vasoconstrição é um processo em que os músculos ao redor dos vasos sanguíneos se contraem, o que diminui o espaço interno para a circulação do sangue. E por que isso?

A vasoconstrição ajuda, por exemplo, a regular a pressão sanguínea, principalmente quando praticamos exercícios físicos. Além disso, ele pode ajudar a manter a temperatura do nosso corpo em ambientes frios. 

Problemas de saúde relacionados à vasoconstrição

Como já comentamos, a vasoconstrição também está relacionada com alguns problemas de saúde. Há indícios de que doenças arteriais, cardíacas e pulmonares, por exemplo, costumam ter a vasoconstrição excessiva entre os seus sintomas.

E o que esse excesso de vasoconstrição pode causar? Para começar, ele pode fazer com que as mãos e pés não recebam sangue suficiente, o que prejudica, entre outras coisas, a movimentação desses membros, dá a sensação de mãos e pés gelados, além de facilitar o desenvolvimento de doenças como a acrocianose, em que os membros ficam azulados, ou o Fenômeno de Raynaud, em que esses espasmos ocorrem sem regularidade.

Vasoconstrição em excesso: causas

Além das doenças, o excesso de vasoconstrições pode ocorrer pelos seguintes motivos:

  • Problemas psicológicos, como estresse e ansiedade;
  • Fumar;
  • Estar exposto a baixas temperaturas;
  • Condições genéticas, como no caso do Fenômeno de Raynaud, que estreita os vasos sanguíneos das mãos e dos pés, os deixando com um aspecto azulado devido à baixa circulação.

Estudos mostram que a vasoconstrição também pode acontecer devido a certos alimentos que consumimos, pois eles podem estreitar os vasos sanguíneos. Alguns exemplos de alimentos que estimulam o processo de vasoconstrição são bebidas com cafeína, alimentos salgados ou ricos em sal e carnes processadas, como aquelas enlatadas.

Existem ainda alguns tipos de medicamentos que incentivam o processo de vasoconstrição pelo corpo. Esse tipo de vasoconstrição forçada pode ajudar pessoas que sofrem, por exemplo, de enxaquecas, asma e glaucoma. Descongestionantes nasais e remédios para resfriados também podem forçar o processo de vasoconstrição. Por isso, evite a automedicação.

Como prevenir vasoconstrição em excesso

A prevenção para a vasoconstrição em excesso é a mesma que o tratamento. É recomendado que a pessoa busque evitar momentos de estresse constantes no seu dia a dia, que ela reduza o consumo de bebidas e alimentos ricos em cafeína, que evite alimentos ricos em sal, pratique exercícios físicos regularmente (e faça um aquecimento alguns minutos antes de se exercitar) e que evite ou pare de fumar. 

Como a vasoconstrição pode causar doenças que afetam os pés, provocando dificuldade para se movimentar ou mesmo a sensação de formigamento, é muito importante cuidar-se.

Para garantir mais conforto ao lidar com esses episódios de vasoconstrição desregulada, prevenindo e aliviando sintomas, você pode usar calçados ou palmilhas sob medida. Para agendar uma avaliação gratuita com um dos profissionais da Pés Sem Dor, basta clicar aqui, ou ligar para 4003-8033.

Perguntas frequentes

Qual a diferença entre vasoconstrição e vasodilatação?

A vasoconstrição é o processo em que ocorre um estreitamento dos vasos sanguíneos, aumentando a pressão sanguínea e evitando que a temperatura do corpo diminua em ambientes frios. Já a vasodilatação, como o nome sugere, dilata os vasos sanguíneos, aumentando o volume do sangue e permitindo a passagens de mais nutrientes pelo organismo.

O que é um medicamento vasoconstritor?

É um tipo de medicamento que estimula o estreitamento dos vasos sanguíneos, podendo ajudar contra dores de cabeça, nariz congestionado, inflamações e outros problemas.

Qual a relação da vasoconstrição com o processo inflamatório?

A vasoconstrição, por provocar o estreitamento dos vasos sanguíneos, desacelera a chegada do processo inflamatório, por conta disso, ela pode evitar que sintomas como inchaço, vermelhidão e febre local ocorram com tanta frequência ou em menor intensidade.

Fontes

  1. https://www.healthline.com/health/vasoconstriction
  2. https://my.clevelandclinic.org/health/symptoms/21697-vasoconstriction
  3. https://medlineplus.gov/ency/article/002338.htm#:~:text=Vasoconstriction%20is%20the%20narrowing%20(constriction,may%20be%20slight%20or%20severe.

Comentários