Bolhas

Escrito por Mateus Martinez | Atualizado em 17 de julho de 2020.

é mestre em fisioterapia esportiva pela Universidade de Queensland – Austrália. Fisioterapeuta formado pela Universidade de São Paulo (USP). Ele é Diretor de Fisioterapia na Pés Sem Dor, ministra cursos no Grupo Terapia Manual e gosta de praticar corrida. Profissional com registro no crefito: 162983-F

Você pode encontrar Mateus Martinez no Youtube e Linkedin

A principal causa do aparecimento de bolhas nos pés é o atrito da pele com calçados, de acordo com o estudo “Friction blisters. Pathophysiology, prevention and treatment”, meias e até mesmo com o chão. Mas existem outras condições relacionadas ao desenvolvimento das indesejadas lesões:

– Doenças autoimunes (onde o sistema imunológico do indivíduo acaba atacando seu próprio organismo em uma tentativa de defesa);

– Queimaduras causadas por frio ou calor.

Quem sofre com bolhas nos pés geralmente relata ardor, alta sensibilidade da região afetada, dores e vermelhidão. Em alguns casos, a bolha provoca sangramentos e, se não for tratada adequadamente, pode infeccionar, complicando o tratamento. Nesse caso, o melhor a se fazer é procurar auxílio médico para que os tratamentos necessários sejam recomendados.

Imagem ilustrativa de uma pessoa segurando um pé com uma bolha no dedo
Bolha nos pés.

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Existem alguns cuidados básicos e dicas para prevenir o desenvolvimento de bolhas nos pés, dentre eles podemos destacar:

– Usar produtos à base de vaselina ou cremes hidratantes: eles formam uma espécie de barreira e diminuem o atrito entre o pé e a meia (ou calçado) e, consequentemente, diminuem as chances de formação de bolhas;

– Utilizar calçados confortáveis: evitando sapatos muito apertados ou que causem muito atrito com a pele do pé;

– Uso de talco para os pés: ao diminuir a transpiração da região, o atrito também acaba diminuindo;

– Esparadrapo / Curativos adesivos: quando houver pontos sensíveis nos pés, proteja-os com esparadrapos ou curativos adesivos.

Curativo adesivo para diminuir pontos de fricção com o calçado.
Curativo adesivo para diminuir pontos de fricção com o calçado.

Mas para quem já está sofrendo com as dolorosas bolhas, é essencial buscar formas de amenizar os desconfortos causados por elas, como:

Se a bolha ainda não estourou, o melhor é não mexer no local;

Proteja a área afetada com gaze;

Não utilize sapatos fechados até que a bolha cicatrize;

Jamais arranque ou puxe a pele da bolha (isso pode ferir ainda mais a pele e deixá-la desprotegida, mais propensa a infecções).

PALMILHAS PÉS SEM DOR® PARA BOLHAS

O uso das palmilhas Pés Sem Dor é essencial para a prevenção do aparecimento de bolhas nos pés, pois redistribui as pressões plantares e aumenta a aderência do pé ao calçado. Através de uma minuciosa avaliação dos pés, as palmilhas são confeccionadas especialmente para que aliviem os pontos de maior pressão em cada pé. Por exemplo, para pés cavos, cujas áreas de maior pressão são o calcanhar e os metatarsos, as palmilhas contam com um apoio maior no arco plantar.

Palmilhas sob medida Pés Sem Dor
Palmilhas sob medida Pés Sem Dor

LINKS EXTERNOS SOBRE BOLHAS

1) Blister Prevention: How To Treat Your Foot Blister

2) Seis maneiras de prevenir as bolhas nos pés | 02 por minuto

3) Friction blisters. Pathophysiology, prevention and treatment | PuBMed