Início » Dores » Dor abaixo do tornozelo lado externo: Causas e Tratamento
Última Atualização: 04 de julho de 2024

Dor abaixo do tornozelo lado externo: Causas e Tratamento

 em

A dor abaixo do tornozelo lado externo é um problema comum que pode ser causado por várias condições. Essa dor pode interferir significativamente nas atividades diárias, dificultando a caminhada e outras atividades físicas. A dor no lado externo do tornozelo é principalmente associada à prática esportiva. Jovens e adultos praticantes de atividades são os que mais sofrem com essa condição. Normalmente, sensações de dor são acompanhadas de pontadas ou queimação.

Causas da dor abaixo do tornozelo lado externo

A dor abaixo do tornozelo lado externo pode ter diversas origens, sendo caracterizada por lesões crônicas, que aparecem aos poucos devido ao desgaste dos tecidos, ou agudas, que ocorrem repentinamente. Tanto erros biomecânicos quanto o sobrepeso estão mais relacionados às dores crônicas, enquanto lesões ósseas e ligamentares geralmente resultam em dores agudas. Abaixo, detalhamos os principais fatores que contribuem para essa dor:

Instabilidade

Os três principais contribuintes para a estabilidade das articulações do tornozelo são:

  1. Encaixe das superfícies articulares: As superfícies articulares se encaixam quando as articulações estão carregadas, proporcionando estabilidade.
  2. Restrições impostas pelos ligamentos: Os ligamentos limitam movimentos excessivos, mantendo a articulação estável.
  3. Unidades musculotendíneas: Músculos e tendões estabilizam dinamicamente as articulações.

Quando há falha em algum desses componentes, a articulação do tornozelo fica mais suscetível a desvios, estresses e impactos. Isso aumenta o risco de entorses e erros biomecânicos, levando à dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Erro Biomecânico

O desalinhamento das articulações, combinado com movimentos repetitivos, pode causar microtraumas no tornozelo. Esses traumas são frequentemente associados a desvios como tornozelo varo ou valgo e pisada pronada ou supinada. Compreender essas condições é crucial:

  • Varo: O calcanhar desvia para dentro, fazendo o tornozelo ir para fora (pisada supinada). Comum em pessoas com pés cavos (arco alto), esse posicionamento pode causar entorses e distensão crônica dos tecidos laterais do tornozelo, resultando em dor abaixo do tornozelo no lado externo.
  • Valgo: O calcanhar desvia para fora, fazendo o tornozelo ir para dentro (pisada pronada). Mais comum em pessoas com pés chatos, esse alinhamento pode causar impactação excessiva das estruturas laterais do tornozelo e inflamação dos tendões e ligamentos.
Dor Abaixo do Tornozelo Lado Externo

A – Valgo, B- Neutro e C – Varo

Sobrecarga

Manter um peso adequado é essencial para reduzir a pressão nos tornozelos e evitar dores. Estar acima do peso pode causar problemas como osteoartrose e tendinites. A intensidade e repetição excessiva de exercícios físicos também comprometem a estrutura do tornozelo, aumentando as chances de dor abaixo do tornozelo no lado externo, especialmente em atletas que realizam treinos intensos.

Traumas

Lesões traumáticas ocorrem devido a impactos de alto choque com outro corpo ou objeto, comuns em esportes de contato como futebol, rugby e muay thai. Esses traumas podem causar lesões ligamentares ou fraturas ósseas, levando à dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Lesão Ligamentar

Lesões dos ligamentos podem ser parciais ou completas. As mais comuns em entorses por inversão afetam os ligamentos talofibular anterior e calcaneofibular. Existem três graus de lesão ligamentar, e a classificação de cada uma é importante para determinar o tratamento adequado:

  • Grau 1: Estiramento leve com poucas fibras rompidas.
  • Grau 2: Rompimento parcial do ligamento.
  • Grau 3: Rompimento completo do ligamento.
 
Dor Abaixo do Tornozelo Lado Externo Quadro Explicativo Grau de Dor de entorse
Quadro explicativo sobre lesões nos ligamentos.

Lesão de Sindesmose

A sindesmose é um tecido fibroso que conecta a tíbia e a fíbula. Quando lesionada, essa estrutura geralmente provoca dor na região anterossuperior do maléolo externo. Lesões de sindesmose são comuns em esportes de contato e podem resultar de torções ou impactos diretos.

Lesão Óssea

Em lesões de maior impacto, podem ocorrer fraturas nos ossos do tornozelo, sendo a fíbula a mais afetada devido à sua estrutura mais estreita. Em casos mais graves, a tíbia também pode ser fraturada. As fraturas no tornozelo podem ser classificadas em três categorias principais:

  1. Fratura Unimaleolar (fíbula):

    • Descrição: Acontece por avulsão, quando o ligamento calcaneofibular não se rompe, mas traciona a fíbula, resultando em fratura.
    • Causa: Geralmente devido a uma torção ou impacto direto na lateral do tornozelo.
  2. Fratura Bimaleolar (fíbula e tíbia):

    • Descrição: O impacto lesiona a fíbula e empurra o tálus, que por sua vez pressiona a protuberância óssea da tíbia, causando a fratura.
    • Causa: Frequentemente resultado de traumas mais severos ou entorses significativas.
  3. Fratura Trimaleolar (fíbula e duas regiões da tíbia):

    • Descrição: Causada por uma entorse muito severa com grande impacto associado, fraturando a fíbula e duas regiões da tíbia.
    • Causa: Eventos traumáticos de alta energia, como acidentes automobilísticos ou quedas de grandes alturas.

Para todas essas lesões, o tratamento varia de acordo com a gravidade e pode incluir o uso de palmilhas sob medida, imobilização, fisioterapia e, em casos mais graves, cirurgia. É essencial consultar um especialista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

Tendinites

Os tendões fibulares, situados na região lateral do tornozelo, são fundamentais para a estabilidade durante caminhadas e corridas. Lesões nesses tendões, como ruptura, tendinite e subluxação, são causas comuns de dor abaixo do tornozelo no lado externo. Essas lesões podem resultar de entorses e são frequentemente negligenciadas, levando a instabilidade e dor crônica na lateral do tornozelo.

A tendinite crônica e pequenas lesões ligamentares são mais comuns que rupturas completas ou subluxações. Sintomas incluem inchaço persistente, estalos acompanhados de dor e sensação de instabilidade no tornozelo. Para saber mais, clique aqui.

Artrose

Embora mais comum no joelho e quadril, a artrose pode afetar o tornozelo, causando dor abaixo do tornozelo no lado externo. A artrose é um tipo de artrite que promove o desgaste da cartilagem e degradação progressiva das articulações, dificultando a movimentação articular. Entorses frequentes podem gerar instabilidade e acelerar o desgaste da articulação, contribuindo para o desenvolvimento da artrose no tornozelo. Para saber mais, clique aqui.

Tratamento para dor abaixo do tornozelo lado externo

A dor abaixo do tornozelo lado externo pode ser evitada e tratada com medidas adequadas para manter o bom alinhamento e estabilidade do tornozelo. Aqui estão algumas estratégias eficazes:

Alinhamento e Estabilidade

Corrigir desvios e fornecer maior estabilidade para a articulação são essenciais para evitar a dor abaixo do tornozelo no lado externo. O tratamento adequado dependerá do diagnóstico correto feito por um especialista. A consulta com um médico é fundamental para determinar a melhor abordagem.

Manter o Peso Ideal

Manter um peso adequado é crucial para proteger as articulações dos membros inferiores. O sobrepeso aumenta a pressão nas articulações, incluindo o tornozelo, podendo causar dor abaixo do tornozelo no lado externo. Consultar um endocrinologista, nutricionista ou preparador físico pode ser benéfico.

Exercícios de Aquecimento

Para atletas, aquecer-se antes das atividades físicas é vital para evitar dores e lesões. O aquecimento aumenta a circulação sanguínea, melhora a lubrificação articular e prepara os músculos, tendões e ligamentos para a atividade, reduzindo o risco de dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Treinos de Equilíbrio

O tornozelo é responsável por transmitir forças entre as pernas e os pés, sendo crucial para o equilíbrio do corpo. Treinos de equilíbrio ajudam a fortalecer os músculos e tendões que suportam a articulação, prevenindo lesões e dores abaixo do tornozelo no lado externo.

Uso de Palmilhas Ortopédicas

Palmilhas sob medida aumentam a área de contato do pé, melhorando a estabilidade e prevenindo lesões. Elas redistribuem as pressões exercidas sobre os pés, melhorando o amortecimento da pisada e corrigindo desalinhamentos, ajudando a prevenir a dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Uso de Tornozeleiras

Tornozeleiras melhoram o alinhamento e a estabilidade do tornozelo, protegendo contra entorses. Existem vários tipos de tornozeleiras disponíveis, e a escolha dependerá do tipo de atividade realizada e da adaptação de cada pessoa. Um especialista pode ajudar a escolher a melhor opção para evitar dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Medicamentos

O uso de anti-inflamatórios e analgésicos, prescritos por um médico, pode ajudar a controlar a dor e a inflamação, especialmente nos períodos iniciais. No entanto, esses medicamentos não devem ser considerados um tratamento único, pois não resolvem a causa subjacente da lesão. Se as dores forem recorrentes, é importante procurar um especialista para avaliar a estabilidade do tornozelo e a integridade dos tecidos ao redor.

Palmilhas ortopédicas para dor abaixo do tornozelo lado externo

A dor abaixo do tornozelo no lado externo pode ser bastante debilitante. Uma solução eficaz para aliviar essa dor é o uso de palmilhas ortopédicas sob medida. Essas palmilhas são projetadas especificamente para atender às necessidades individuais de cada pessoa, proporcionando suporte e correção adequados.

Palmilhas para Dor Abaixo do Tornozelo Lado Externo

Palmilhas Tradicional Sob Medida para Dor Abaixo do Tornozelo Lado Externo

Como Palmilhas Sob Medida Ajudam?

  1. Correção de Desvios Biomecânicos

    • Alinhamento do Pé: Palmilhas sob medida ajudam a corrigir desalinhamentos como o tornozelo varo ou valgo. Corrigindo esses desvios, elas redistribuem a pressão e reduzem a tensão nas áreas afetadas, aliviando a dor abaixo do tornozelo no lado externo​​.
  2. Melhora da Estabilidade

    • Suporte ao Arco Plantar: Palmilhas ortopédicas fornecem suporte adequado ao arco plantar, ajudando a estabilizar o pé e o tornozelo durante a caminhada ou corrida. Isso é crucial para prevenir lesões e aliviar dores persistentes​.
  3. Distribuição Uniforme de Pressão

    • Amortecimento de Impacto: Ao aumentar a área de contato do pé com o solo, as palmilhas sob medida redistribuem a pressão de maneira mais uniforme. Isso reduz os pontos de pressão e proporciona um melhor amortecimento de impacto, aliviando a dor abaixo do tornozelo no lado externo​.
  4. Prevenção de Lesões Futuras

    • Suporte Personalizado: Cada pessoa tem uma pisada única. Palmilhas sob medida são feitas com base em um exame detalhado dos pés, garantindo que elas atendam às necessidades específicas e ajudem a prevenir futuras lesões e dores no tornozelo​​.

Benefícios Adicionais das Palmilhas Sob Medida

  • Conforto e Ajuste Perfeito: Por serem personalizadas, essas palmilhas oferecem um ajuste perfeito, aumentando o conforto durante o uso diário e atividades físicas.
  • Durabilidade e Qualidade: Palmilhas sob medida são feitas com materiais de alta qualidade, garantindo maior durabilidade e eficiência no tratamento da dor. Para saber mais, clique aqui.

Cirurgia para dor abaixo do tornozelo lado externo

Quando tratamentos conservadores como fisioterapia, medicamentos e palmilhas ortopédicas não conseguem aliviar a dor abaixo do tornozelo no lado externo, a cirurgia pode ser considerada como uma opção. A decisão de recorrer à cirurgia é geralmente baseada na gravidade da condição e na resposta do paciente a outros tratamentos.

Indicações para Cirurgia

A cirurgia pode ser recomendada em vários casos, incluindo:

  1. Lesões Ligamentares Graves

    • Quando há rupturas completas dos ligamentos que não cicatrizam adequadamente com tratamentos não invasivos, a cirurgia pode ser necessária para reparar ou reconstruir os ligamentos danificados.
  2. Fraturas

    • Fraturas complexas da fíbula e/ou tíbia que não se curam corretamente com imobilização ou que resultam em instabilidade contínua do tornozelo podem exigir intervenção cirúrgica para alinhar e estabilizar os ossos.
  3. Instabilidade Crônica do Tornozelo

    • Pacientes com instabilidade crônica devido a múltiplas entorses e que não respondem a reabilitação podem necessitar de cirurgia para estabilizar a articulação e prevenir futuras lesões​.

Tipos de Cirurgia

Existem várias técnicas cirúrgicas que podem ser empregadas para tratar a dor abaixo do tornozelo no lado externo, dependendo da causa subjacente:

  1. Reparação ou Reconstrução Ligamentar

    • Técnica: Esta cirurgia envolve o reparo dos ligamentos rompidos ou, em casos mais severos, a reconstrução usando enxertos de tendões de outras partes do corpo.
    • Indicação: Indicada para rupturas completas dos ligamentos que causam instabilidade significativa no tornozelo.
  2. Fixação de Fraturas

    • Técnica: Utiliza placas, parafusos ou hastes intramedulares para alinhar e estabilizar os ossos fraturados.
    • Indicação: Para fraturas complexas que não se alinham corretamente com tratamentos conservadores.
  3. Artroscopia do Tornozelo

    • Técnica: Um procedimento minimamente invasivo que utiliza um artroscópio para visualizar e tratar problemas dentro da articulação do tornozelo.
    • Indicação: Usada para remover fragmentos de osso ou cartilagem soltos, reparar danos ligamentares menores e tratar inflamações crônicas.
  4. Fusão Articular

    • Técnica: Este procedimento envolve a fusão dos ossos do tornozelo para eliminar a dor causada por artrite severa ou instabilidade crônica.
    • Indicação: Normalmente considerada como último recurso quando outras opções de tratamento falham.

Recuperação Pós-Cirúrgica

A recuperação de uma cirurgia para dor abaixo do tornozelo no lado externo pode variar dependendo da complexidade da cirurgia:

  1. Imobilização: Após a cirurgia, o tornozelo pode ser imobilizado com uma bota ou gesso por várias semanas.
  2. Fisioterapia: A reabilitação é crucial para recuperar a força e a mobilidade do tornozelo. Exercícios de alongamento e fortalecimento são geralmente introduzidos gradualmente.
  3. Tempo de Recuperação: A recuperação completa pode levar de alguns meses a um ano, dependendo da extensão da cirurgia e da resposta do paciente ao tratamento.

Calçados para aliviar dor abaixo do tornozelo lado externo

A escolha de calçados adequados é crucial para prevenir e aliviar a dor abaixo do tornozelo no lado externo, especialmente durante a prática de atividades esportivas. Calçados adequados proporcionam suporte, estabilidade e proteção, reduzindo o risco de lesões e promovendo o alinhamento correto dos pés e tornozelos.

Importância dos Calçados Adequados

  1. Sapatos Esportivos com Cano Alto

    • Benefícios: Marcas de material esportivo oferecem modelos de tênis com cano mais alto, ideais para atividades que envolvem alto risco de lesão no tornozelo, como basquete e vôlei. Esses tênis proporcionam maior estabilidade na articulação, prevenindo entorses e outras lesões.
  2. Sapatos Gastos

    • Riscos: Sapatos velhos e desgastados nas laterais das solas podem comprometer a estabilidade dos pés, promovendo desalinhamento da articulação e aumentando a dor abaixo do tornozelo no lado externo. É essencial verificar o estado dos calçados regularmente e substituí-los quando necessário para manter o suporte adequado.
  3. Sapatos de Salto Alto

    • Riscos: Embora populares entre mulheres, os sapatos de salto alto diminuem significativamente o equilíbrio dos pés, aumentando a propensão a entorses e acelerando o desgaste natural das articulações devido ao pior amortecimento. O uso frequente pode exacerbar a dor abaixo do tornozelo no lado externo.

Esportes e Lesões

  1. Lesões em Atletas

    • Frequência: Lesões dos ligamentos laterais do tornozelo são extremamente comuns entre atletas. A instabilidade na articulação, muitas vezes causada por lesões anteriores, deixa os ligamentos menos resistentes à tração, aumentando o risco de novas lesões e dor abaixo do tornozelo no lado externo.
  2. Recuperação

    • Processo: Para uma boa cicatrização, é essencial um período prolongado de recuperação, incluindo repouso e treinos leves para não sobrecarregar a área lesionada. O retorno gradual aos treinos esportivos de maior impacto deve ser acompanhado pelo uso de proteções adicionais como caneleiras, talas e palmilhas ortopédicas.

Dicas para aliviar a dor abaixo do tornozelo lado externo

Aqui estão algumas dicas que podem complementar o tratamento aconselhado por um profissional:

Repouso

O repouso é fundamental nos primeiros dias após a lesão. Siga o protocolo PRICE (Proteção, Repouso, Gelo, Compressão e Elevação):

  • Proteção: Utilize muletas ou uma bengala para evitar colocar peso sobre o tornozelo.
  • Repouso: Evite atividades físicas e descanse o máximo possível para não sobrecarregar o tecido de reparação e evitar a formação de fibrose.
  • Gelo: Aplique compressas de gelo na área dolorida por 15 a 20 minutos, várias vezes ao dia, para reduzir a inflamação e a dor.
  • Compressão: Use uma bandagem elástica para comprimir o tornozelo e ajudar a controlar o inchaço.
  • Elevação: Mantenha o pé elevado acima do nível do coração sempre que possível para reduzir o inchaço.

Mobilização

Após os primeiros três dias de lesão, comece a movimentar o tornozelo com cuidado, sempre respeitando o limite da dor. A imobilização prolongada pode enfraquecer os músculos ao redor da articulação. Pequenos movimentos podem ajudar a ativar a musculatura e evitar a perda de massa muscular. Aqui estão alguns exercícios para ajudar na mobilização:

  • Movimentação do Tornozelo: Sente-se e apoie os calcanhares no chão, levantando a parte da frente dos pés. Rotacione os tornozelos para que as pontas dos pés desenhem círculos no ar. Faça movimentos para fora e para dentro.
  • Exercícios de Equilíbrio: Tente andar em linha reta, sem pisar fora dessa linha. Ande para frente, para trás e lateralmente. Quando estiver fácil, tente fazer os movimentos sobre um colchão de exercícios.
  • Fortalecimento da Panturrilha: Na beira de um degrau, apoie apenas a ponta dos pés, deixando os calcanhares para fora. Fique na ponta dos pés e desça lentamente até sentir o músculo da panturrilha esticar. Repita o movimento 15 vezes, em 5 séries diárias. À medida que a musculatura fortalecer, transfira progressivamente o peso para o tornozelo lesado, até conseguir fazer o movimento apoiado apenas no membro lesionado.

Dicas caseiras para dor no tornozelo

Se você está sentindo dor abaixo do tornozelo no lado externo, algumas medidas caseiras podem ajudar a aliviar o desconforto. No entanto, para um tratamento eficaz, é importante procurar um especialista para um diagnóstico preciso e seguir o tratamento recomendado. Aqui estão algumas dicas caseiras que podem ser úteis:

Massagem com Óleo de Arnica ou Óleo de Coco

Benefícios:

  • Redução da Inflamação: A arnica possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir o inchaço e a inflamação na área afetada.
  • Melhora da Circulação: A massagem com óleo de coco pode melhorar a circulação sanguínea, acelerando o processo de cura.

Como Fazer:

  • Aqueça ligeiramente o óleo de arnica ou óleo de coco.
  • Aplique o óleo na área dolorida e massageie suavemente com movimentos circulares por cerca de 10 minutos.
  • Repita a massagem 2-3 vezes ao dia para obter melhores resultados.

Banho de Sal de Epsom

Benefícios:

  • Alívio da Dor: O sal de Epsom contém magnésio, que pode ajudar a reduzir a dor e a inflamação.
  • Relaxamento Muscular: O banho morno com sal de Epsom pode relaxar os músculos ao redor do tornozelo, aliviando a tensão.

Como Fazer:

  • Encha uma bacia com água morna.
  • Adicione meia xícara de sal de Epsom e mexa bem até dissolver completamente.
  • Mergulhe o pé na água por cerca de 20 minutos.
  • Repita o banho 1-2 vezes ao dia, conforme necessário.

Para aliviar a dor e garantir um tratamento eficaz, procure um especialista para diagnosticar corretamente a causa da dor abaixo do tornozelo no lado externo. Siga o tratamento recomendado pelo profissional para obter os melhores resultados.

Perguntas Frequentes

Quais são as principais causas de dor abaixo do tornozelo no lado externo?

As causas mais comuns incluem entorses, tendinite dos fibulares, síndrome do túnel tarsal, fraturas por estresse e inflamações decorrentes de movimentos repetitivos.

Quais são os sintomas associados à dor abaixo do tornozelo no lado externo?

Os sintomas podem incluir dor ao tocar ou mover o tornozelo, inchaço, sensibilidade ao longo da parte externa do pé, instabilidade ao caminhar e, em casos mais graves, hematomas.

Quais são as opções de tratamento para aliviar a dor abaixo do tornozelo no lado externo?

O tratamento pode envolver repouso, aplicação de gelo, uso de palmilhas ortopédicas personalizadas, fisioterapia e, em casos mais graves, medicamentos anti-inflamatórios ou intervenção cirúrgica. As palmilhas ortopédicas da Pés Sem Dor são uma solução eficaz para proporcionar alívio e suporte adequado.

Mateus Martinez
Mateus Martinez
Atualmente é diretor de fisioterapia da Pés Sem Dor. É mestre em fisioterapia esportiva pela The University of Queensland, Austrália (2015). Especialista em Dry Needling (agulhamento a seco) pela Combined Physio Austrália. Graduado em fisioterapia na USP - Universidade de São Paulo (2011). É professor convidado da pós-graduação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP). Foi fisioterapeuta da equipe Vôlei Brasil Kirin (2013) e Medley Campinas (2011-2013). Foi professor de anatomia e patologia básica para curso técnico de radiologia da Escola Profissionalizante CETEP (2012-2013). É co-autor de 6 estudos sobre saúde dos pés, possui mais de 170 artigos escritos sobre saúde dos pés no site da Pés Sem Dor e é criador de conteúdo no canal do Youtube da Pés Sem Dor, onde fala sobre saúde, bem estar e dores nos pés, tornozelos e joelhos para +160 mil inscritos. Profissional com registro no crefito: 162983-F
Postagens Recentes
Agende sua avaliação gratuita