Pernas inchadas: o que pode ser?

Categorias Cuidados

Por Maria Morato | 29 de junho de 2022 | 0 comentários | 118 visualizações

Quando temos um dia cheio, em que precisamos ficar em pé muitas horas, ou em que precisamos caminhar de um lado para o outro, é comum que ao final, venha uma sensação de que as pernas estão doloridas e inchadas.

Em alguns casos, pode ser que não seja apenas uma sensação, e que estejamos com as pernas inchadas mesmo. Isso é algo muito comum e pode acontecer por inúmeras causas, que vão desde problemas simples, como retenção de líquidos, a casos mais graves, como problemas renais.

Para esclarecer suas dúvidas a respeito das causas para o inchaço nas pernas, trouxemos este artigo que conta com algumas informações sobre as pernas inchadas: causas, quando procurar um médico e como cuidar desse problema. Acompanhe.

Quais as causas para pernas inchadas?

Como dissemos, o inchaço nas pernas pode ser provocado por diversos motivos; algumas pessoas têm até predisposição genética para ficarem com as pernas inchadas. Vejamos algumas causas com um pouco mais de detalhes a seguir. O que podemos dizer desde já é que a recomendação para qualquer pessoa que sofra com pernas inchadas com frequência é procurar um médico.

Edemas

Também conhecido como retenção de líquido, o edema ocorre quando os tecidos ou vasos sanguíneos dos membros inferiores retêm mais líquido do que o normal. A retenção de líquido é um problema comum e pode ocorrer com frequência em pessoas que passam muitas horas do dia em pé ou sentadas. Também é frequente em pessoas que estão acima do peso ou, nos piores casos, pode ser sinal de alguma condição de saúde mais grave. O ideal é que se busque por orientação médica para saber os motivos por trás da retenção de líquido.

Inflamação

A inflamação é outro problema que pode deixar as pernas inchadas. Nesse caso,  o inchaço é uma resposta natural do corpo quando fraturamos a perna ou quebramos algum osso, no entanto, em piores casos, pode significar alguma doença inflamatória que deve ser tratada com acompanhamento médico.

Insuficiência cardíaca congestiva

Esse é um problema que pode causar a retenção de líquido e consequentemente o inchaço nas pernas. Nesse caso, o acúmulo de líquido nas pernas se dá porque o coração não é capaz de bombear a quantidade necessária de sangue que o organismo precisa. Além do inchaço nas pernas, a insuficiência cardíaca também pode causar outros sintomas como cansaço, tosse e dificuldades para respirar.

Varizes

Esse é um problema que ocorre com maior frequência em mulheres, principalmente mulheres que usam calçados desconfortáveis e ficam em pé ou sentadas durante muitas horas do dia.

As varizes ocorrem quando as válvulas dentro das veias das pernas não são capazes de manter o sangue fluindo em direção ao coração. Por conta disso, o sangue se acumula, podendo causar inchaço e outros sintomas como dor nas pernas, mudanças na cor da pele, pele seca ou mesmo feridas.

Uso de certos medicamentos

Às vezes, alguns tipos de medicamentos podem ter como efeitos colaterais o inchaço nas pernas. Isso se dá porque eles podem afetar os rins, causando retenção de líquidos. Caso você sinta que esse inchaço está avançando para outros sintomas, procure por ajuda médica.

Problemas articulares

Problemas de saúde que podem frequentemente causar inchaço nas pernas envolvem as articulações, como a artrite ou a gota, por exemplo, que, devido aos seus processos inflamatórios, pode provocar inchaço nas pernas, além de outros sintomas como dores e dificuldades para se locomover.

Gravidez

Durante a gravidez, o peso do bebê pode fazer com que as veias das pernas sejam pressionadas, o que faz com que a circulação sanguínea nas pernas diminua e ocorra um leve inchaço. Esse inchaço é comum na gravidez, mas caso venha a causar dores e outros sintomas, convém comentar com o obstetra.

Lesões

Lesões também são outros problemas que podem causar inchaço nas pernas; Durante o processo de melhora das pernas após uma lesão, é normal que ela passe por um estágio de inflamação, que faz com que as pernas fiquem inchadas ou mesmo, em alguns casos, avermelhadas e doloridas.

Quando procurar um médico?

O inchaço costuma ser um sintoma muito simples e que não significa algo grave para a saúde do organismo. No entanto, ao surgirem outros sintomas mais preocupantes como dores, febre local, pele avermelhada, dificuldades para se locomover, entre outros, o ideal é procurar por ajuda médica para determinar qual pode ser o problema.

Como tratar e prevenir o inchaço nas pernas?

Caso suas pernas estejam inchadas, existem algumas formas de tratar e prevenir esse problema. Algumas delas são: mudar hábitos alimentares que possam provocar a retenção de líquidos nas pernas, como o consumo de alimentos muito ricos em sal ou o consumo de bebidas alcóolicas. 

Você pode optar por usar palmilhas e sapatos feitos sob medida para os seus pés. Eles ajudam a resolver dores e desconfortos nos pés, pernas, tornozelos e joelhos, e contribuem para uma boa saúde do corpo.

Evitar ficar em pé ou sentado por muitas horas também ajuda. Caso sua profissão exija que você passe muito tempo nessas posições, procure se movimentar durante o expediente, seja para dar uma caminhada ou ao menos trocar de posição enquanto estiver sentado.

Você ainda também pode tratar ou prevenir o inchaço nas pernas com a prática regular de exercícios, que estimulam a circulação nas pernas e evitam que elas fiquem inchadas.

Fazer alongamentos todos os dias ao acordar e antes de dormir e consumir bastante água também podem ajudar a evitar que suas pernas fiquem inchadas. Caso o inchaço não diminua ou mesmo os sintomas evoluam para algo que lhe cause dores e desconfortos, procure por ajuda médica

Perguntas frequentes

O que pode significar quando as pernas estão inchadas?

Pernas inchadas podem significar muitas coisas, como sapatos desconfortáveis, ficar em pé ou sentado muitas horas no dia, sobrepeso, gravidez, o consumo de certos tipos de remédio, ou mesmo problemas de saúde mais graves. Porém, de modo geral, as pernas ficam inchadas devido à retenção de líquido.

Como evitar que as pernas fiquem inchadas?

Como as pernas geralmente ficam inchadas por conta da retenção de líquidos, é ideal que se busque manter uma alimentação nutritiva, sem muitos alimentos ricos em sal, e consumir grandes quantidades de água todos os dias. Além disso, a prática regular de exercícios físicos, usar palmilhas e sapatos sob medida, e alongamentos também podem ajudar a melhorar a circulação sanguínea das pernas e evitar que elas fiquem inchadas.

Fontes

  1. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/003104.htm
  2. https://www.webmd.com/dvt/why-legs-puffy#:~:text=Fluid%20buildup%20(edema)%3A%20It,of%20more%20serious%20medical%20conditions.
  3. https://www.mayoclinic.org/symptoms/leg-swelling/basics/causes/sym-20050910
  4. https://www.pessemdor.com.br/blog/como-melhorar-a-circulacao-nos-pes-e-pernas/

Quando temos um dia cheio, em que precisamos ficar em pé muitas horas, ou em que precisamos caminhar de um lado para o outro, é comum que ao final, venha uma sensação de que as pernas estão doloridas e inchadas.

Em alguns casos, pode ser que não seja apenas uma sensação, e que estejamos com as pernas inchadas mesmo. Isso é algo muito comum e pode acontecer por inúmeras causas, que vão desde problemas simples, como retenção de líquidos, a casos mais graves, como problemas renais.

Para esclarecer suas dúvidas a respeito das causas para o inchaço nas pernas, trouxemos este artigo que conta com algumas informações sobre as pernas inchadas: causas, quando procurar um médico e como cuidar desse problema. Acompanhe.

Quais as causas para pernas inchadas?

Como dissemos, o inchaço nas pernas pode ser provocado por diversos motivos; algumas pessoas têm até predisposição genética para ficarem com as pernas inchadas. Vejamos algumas causas com um pouco mais de detalhes a seguir. O que podemos dizer desde já é que a recomendação para qualquer pessoa que sofra com pernas inchadas com frequência é procurar um médico.

Edemas

Também conhecido como retenção de líquido, o edema ocorre quando os tecidos ou vasos sanguíneos dos membros inferiores retêm mais líquido do que o normal. A retenção de líquido é um problema comum e pode ocorrer com frequência em pessoas que passam muitas horas do dia em pé ou sentadas. Também é frequente em pessoas que estão acima do peso ou, nos piores casos, pode ser sinal de alguma condição de saúde mais grave. O ideal é que se busque por orientação médica para saber os motivos por trás da retenção de líquido.

Inflamação

A inflamação é outro problema que pode deixar as pernas inchadas. Nesse caso,  o inchaço é uma resposta natural do corpo quando fraturamos a perna ou quebramos algum osso, no entanto, em piores casos, pode significar alguma doença inflamatória que deve ser tratada com acompanhamento médico.

Insuficiência cardíaca congestiva

Esse é um problema que pode causar a retenção de líquido e consequentemente o inchaço nas pernas. Nesse caso, o acúmulo de líquido nas pernas se dá porque o coração não é capaz de bombear a quantidade necessária de sangue que o organismo precisa. Além do inchaço nas pernas, a insuficiência cardíaca também pode causar outros sintomas como cansaço, tosse e dificuldades para respirar.

Varizes

Esse é um problema que ocorre com maior frequência em mulheres, principalmente mulheres que usam calçados desconfortáveis e ficam em pé ou sentadas durante muitas horas do dia.

As varizes ocorrem quando as válvulas dentro das veias das pernas não são capazes de manter o sangue fluindo em direção ao coração. Por conta disso, o sangue se acumula, podendo causar inchaço e outros sintomas como dor nas pernas, mudanças na cor da pele, pele seca ou mesmo feridas.

Uso de certos medicamentos

Às vezes, alguns tipos de medicamentos podem ter como efeitos colaterais o inchaço nas pernas. Isso se dá porque eles podem afetar os rins, causando retenção de líquidos. Caso você sinta que esse inchaço está avançando para outros sintomas, procure por ajuda médica.

Problemas articulares

Problemas de saúde que podem frequentemente causar inchaço nas pernas envolvem as articulações, como a artrite ou a gota, por exemplo, que, devido aos seus processos inflamatórios, pode provocar inchaço nas pernas, além de outros sintomas como dores e dificuldades para se locomover.

Gravidez

Durante a gravidez, o peso do bebê pode fazer com que as veias das pernas sejam pressionadas, o que faz com que a circulação sanguínea nas pernas diminua e ocorra um leve inchaço. Esse inchaço é comum na gravidez, mas caso venha a causar dores e outros sintomas, convém comentar com o obstetra.

Lesões

Lesões também são outros problemas que podem causar inchaço nas pernas; Durante o processo de melhora das pernas após uma lesão, é normal que ela passe por um estágio de inflamação, que faz com que as pernas fiquem inchadas ou mesmo, em alguns casos, avermelhadas e doloridas.

Quando procurar um médico?

O inchaço costuma ser um sintoma muito simples e que não significa algo grave para a saúde do organismo. No entanto, ao surgirem outros sintomas mais preocupantes como dores, febre local, pele avermelhada, dificuldades para se locomover, entre outros, o ideal é procurar por ajuda médica para determinar qual pode ser o problema.

Como tratar e prevenir o inchaço nas pernas?

Caso suas pernas estejam inchadas, existem algumas formas de tratar e prevenir esse problema. Algumas delas são: mudar hábitos alimentares que possam provocar a retenção de líquidos nas pernas, como o consumo de alimentos muito ricos em sal ou o consumo de bebidas alcóolicas. 

Você pode optar por usar palmilhas e sapatos feitos sob medida para os seus pés. Eles ajudam a resolver dores e desconfortos nos pés, pernas, tornozelos e joelhos, e contribuem para uma boa saúde do corpo.

Evitar ficar em pé ou sentado por muitas horas também ajuda. Caso sua profissão exija que você passe muito tempo nessas posições, procure se movimentar durante o expediente, seja para dar uma caminhada ou ao menos trocar de posição enquanto estiver sentado.

Você ainda também pode tratar ou prevenir o inchaço nas pernas com a prática regular de exercícios, que estimulam a circulação nas pernas e evitam que elas fiquem inchadas.

Fazer alongamentos todos os dias ao acordar e antes de dormir e consumir bastante água também podem ajudar a evitar que suas pernas fiquem inchadas. Caso o inchaço não diminua ou mesmo os sintomas evoluam para algo que lhe cause dores e desconfortos, procure por ajuda médica

Perguntas frequentes

O que pode significar quando as pernas estão inchadas?

Pernas inchadas podem significar muitas coisas, como sapatos desconfortáveis, ficar em pé ou sentado muitas horas no dia, sobrepeso, gravidez, o consumo de certos tipos de remédio, ou mesmo problemas de saúde mais graves. Porém, de modo geral, as pernas ficam inchadas devido à retenção de líquido.

Como evitar que as pernas fiquem inchadas?

Como as pernas geralmente ficam inchadas por conta da retenção de líquidos, é ideal que se busque manter uma alimentação nutritiva, sem muitos alimentos ricos em sal, e consumir grandes quantidades de água todos os dias. Além disso, a prática regular de exercícios físicos, usar palmilhas e sapatos sob medida, e alongamentos também podem ajudar a melhorar a circulação sanguínea das pernas e evitar que elas fiquem inchadas.

Fontes

  1. https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/003104.htm
  2. https://www.webmd.com/dvt/why-legs-puffy#:~:text=Fluid%20buildup%20(edema)%3A%20It,of%20more%20serious%20medical%20conditions.
  3. https://www.mayoclinic.org/symptoms/leg-swelling/basics/causes/sym-20050910
  4. https://www.pessemdor.com.br/blog/como-melhorar-a-circulacao-nos-pes-e-pernas/

Comentários