O que é o Pé-de-Atleta?

Categorias Bem estar

Por Caroline Cirielli | 2 de março de 2022 | 0 comentários | 739 visualizações

Você já sentiu queimação e irritação no meio dos seus dedos dos pés? Pode ser Pé-de-Atleta. 

Aproximadamente 30% dos brasileiros entrevistados pela pesquisa “Os Pés Brasileiros”, realizada pela Pés Sem Dor, já sofreram com Pé-de-Atleta. Esse tipo de micose pode virar um quadro grave de infecção cutânea, se não for tratado com os cuidados necessários.

Quer entender mais sobre o Pé-de-Atleta? Vamos te explicar nesse texto! Continue lendo.

O que é o Pé-de-Atleta?

O Pé-de-Atleta é uma doença infecciosa causada por um fungo alojado entre os dedos dos pés, podendo chegar também às unhas dos pés ou infectar outras partes do corpo. A frieira, nome pela qual o Pé-de-Atleta é mais conhecido, é uma micose, e como tal, é contagiosa por meio de contato com superfícies ou objetos contaminados.

Apesar do nome, o Pé-de-Atleta pode ocorrer em qualquer pessoa. O contágio provoca sintomas como queimação, irritação, vermelhidão na pele e ardor. Com o clima quente, o uso de sapatos fechados e meias que não absorvem bem o suor, a frieira pode causar ainda mais problemas ou se manifestar de outra maneira.

Quais são os tipos de Pé-de-Atleta?

A manifestação mais comum é chamada de “Interdigital”, quando o fungo se aloja entre os dedos, podendo se espalhar neles.

Existe também a chamada de “Mocassim”, que ocorre no calcanhar, na planta e na lateral dos pés. Nesse caso, a pele fica espessa e inflamada e pode descamar. 

A última manifestação da frieira é a “Vesicular”, que causa bolhas e feridas na planta e no peito do pé.

Como tratar?

O tratamento costuma ser simples, com antifúngicos tópicos indicados por um médico. Em casos mais graves, o uso de antifúngicos pode ser oral, também indicado por um especialista.

É importante cuidar dos pés corretamente caso o Pé-De-Atleta apareça.
Como prevenir?

Simples assim:

  • Evite usar meias úmidas;
  • Use chinelos em lugares públicos, como academias e piscinas; 
  • É importante secar bem os espaços entre os dedos dos pés depois de molhá-los, para que não fiquem muito tempo úmidos;
  • Não use calçados apertados. Os dedos precisam ter espaço suficiente para se moverem no calçado.

Evite calçados apertados.

Caso você sofra com o Pé-de-Atleta, é importante procurar um médico e entender com ele qual será o melhor tratamento para eliminar essa micose de uma vez por todas!


Comentários