Redução da atenção a detalhes

Outro dado interessante é a relação de atenção aos detalhes com o número de horas em pé ou andando, que mostrou 29% de redução média para mulheres e 21% para homens.

O gráfico abaixo ilustra que quanto mais horas em pé ou andando, mais os trabalhadores percebem redução de atenção aos detalhes.

As mulheres acusaram perdas de 2,7% para cada hora em pé e homens, perdas de 1,9%.
 
Gráfico com a relação entre a perda de qualidade com as horas passadas em pé ou andando.
 
Este é um aspecto interessante, pois, falta de atenção aos detalhes durante uma jornada de trabalho se relaciona com menor qualidade dos serviços prestados.

Os dados do gráfico foram retirados das tabelas a seguir, nas quais pode se ver o descritivo do percentual de redução da atenção a detalhes no trabalho por hora em pé, para os homens e mulheres:
 
Tabela com a relação entre a percepção da redução de atenção aos detalhes no fim da jornada com as horas passadas em pé das mulheres.
Tabela com a relação entre a percepção da redução de atenção aos detalhes no fim da jornada com as horas passadas em pé dos homens.
 

Clique nos links abaixo para saber mais detalhes sobre a pesquisa “O trabalho e a relação com os pés, tornozelos e joelhos”.

Características dos trabalhadores do estudo

Características do trabalho

Problemas nos pés causados pelo trabalho

Consequências econômicas do tempo em pé e as dores

Característica dos pés