Bunionette

Escrito por Mateus Martinez | Atualizado em 26 de junho de 2020.

é mestre em fisioterapia esportiva pela Universidade de Queensland – Austrália. Fisioterapeuta formado pela Universidade de São Paulo (USP). Ele é Diretor de Fisioterapia na Pés Sem Dor, ministra cursos no Grupo Terapia Manual e gosta de praticar corrida. Profissional com registro no crefito: 162983-F

Você pode encontrar Mateus Martinez no Youtube e Linkedin

De acordo com o estudo “Bunionette”, bunionette é uma protuberância na cabeça do quinto metatarso, o osso do pé que está localizado antes do dedinho. É considerado um joanete do quinto dedo do pé e pode tornar-se doloroso caso haja atrito com calçados e excesso de carga na região.

A palavra bunionette quer dizer “pequeno joanete”, mas esse é apenas um dos nomes relacionados a esta deformidade. Denominações como “Joanete do Alfaiate” e “Joanete de Sastre” também podem ser encontradas, mas, independente do nome, a deformidade é a mesma, causada pela pressão repetitiva da borda lateral do calçado sobre o dedo, ou seja, principalmente pelo uso de calçados inadequados para o pé. Se houver o aparecimento de calosidade na base do 5º metatarso, e junto a isso, a pessoa sentir dor na região, realmente pode existir o bunionette, que deve ser cuidado rapidamente.

CAUSAS

O Bunionette é uma patologia de aparecimento progressivo, que pode tornar-se dolorosa quando há atrito com os calçados. Portanto, a principal causa é o uso de calçados inadequados, em geral, os de bico fino ou de salto. Como é uma patologia progressiva, quanto maior o uso desses tipos de calçados mais a doença vai se desenvolver. Existem outros fatores que podem influenciar no desenvolvimento do bunionette, como:

Pé cavo e/ou supinação excessiva, que aumentará a carga na lateral do pé;

Frouxidão ligamentar, aumentando a suscetibilidade de deformidades e desalinhamentos;

Alterações anatômicas do quinto metatarso.

o quadro abaixo, assim como a frequência e intensidade dessas dores.

Após essa etapa, o fisioterapeuta iniciará a análise, na qual o pé será mensurado (todas suas medidas serão confirmadas), analisado em movimento (andando no baropodômetro) e parado (no scanner 3D) e será verificado se existe alguma diferença de comprimento entre as pernas.

ETAPAS DA AVALIAÇÃO

Análise em movimento: o teste de pisada da empresa Pés Sem Dor é o mais completo e tecnologico do mercado. Com o baropodômetro e a interpretação de um dos fisioterapeutas treinados, é obtida a dinâmica do passo, com informações da gait line (centro de pressão durante a caminhada, que identifica o tipo de pisada, instabilidades, impulso e outras alterações biomecânicas) e as pressões na sola do pé.

Análise estática: os pés serão avaliados também em posição estática, no scanner 3D. Com isso é possível verificar todas as dimensões do pé, tamanho do arco plantar e o tipo de pé.

Avaliação da diferença de membros: com um moderno equipamento nivelador de quadril, é possível confirmar e identificar a diferença de tamanho dos membros inferiores com boa precisão. Essa avaliação pode ser fundamental para sanar diversas dores.

SINAIS E SINTOMAS

O atrito com os calçados pode causar inflamação dos tecidos na região, desgaste da articulação, rupturas de tendões e bursite. Tudo isso pode ser fonte de dor na borda lateral do dedo, e o seu aparecimento vai gerar dificuldade para encontrar calçados que não incomodem, além de:

Saliência óssea na base do dedinho, na parte externa do pé;

Vermelhidão, inchaço e dor intensa na região;

Formação de calosidades;

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

Por ser uma patologia progressiva, o paciente precisa mudar alguns hábitos e iniciar o tratamento conservador o mais rápido possível, a fim de evitar um processo cirúrgico para correção. Basicamente, os tratamentos mais utilizados são:

Uso de calçados confortáveis, que sejam mais espaçosos;

Uso de protetores e separadores de dedos;

bunionette

Protetores e separadores de dedos podem ajudar no tratamento do bunionette

Tratamento fisioterapêutico especializado para alívio dos sintomas e a fim de evitar a progressão;

Se a deformidade for muito severa, pode ser necessário limitar o tempo que caminha ou fica em pé;

Uso de palmilhas Pés Sem Dor.

PALMILHAS PÉS SEM DOR® PARA BUNIONETTE

A palmilha Pés Sem Dor tem o poder de corrigir a supinação, retirando a força excessiva sobre a lateral do pé, e dessa forma impedindo a evolução do bunionette, além de melhorar a estética e função do pé.

Imagem frontal da palmilha sob medida
Palmilhas sob medida Pés Sem Dor

CIRURGIA

Nos casos mais graves pode ser necessária uma cirurgia para correção dessa saliência, em que o médico fará a escolha do tipo de procedimento. Os mais comuns são:

A remoção dessa proeminência óssea;

Reposicionamento do quinto metatarso.

Todas as cirurgias têm riscos de complicações como infecção, problemas de cicatrização, lesão de nervos, trombose e embolismo pulmonar. Além disso, os procedimentos de correção do bunionette podem incluir:

O retorno do bunionette;

Não melhora ou até a piora dos sintomas;

Lesão vascular (perda da irrigação do dedinho).

DICAS E CURIOSIDADES

Dicas para aliviar as dores do bunionette:

Cobrir o local da dor com gelo (enrolar em uma toalha para que não fique diretamente sobre a pele), mas nunca ultrapassar 20 minutos de aplicação;

Escolher sapatos confortáveis no dia a dia, com maior espaço para os pés;

Evitar o uso contínuo de saltos altos ou sapatos com bico fino;

Tomar medicamentos para alívio dos sintomas, mas apenas se prescritos por seu médico.

LINKS EXTERNOS

1) Bunionette | Foot Education

2) Tailor’s Bunion (Bunionette) | Foot Health Facts

3) Bunionete (“Joanete de Sastre”) | Clínica Movere

4) Bunionette – Joanete do 5o dedo | Clínica e Cirurgia do Pé