Reumatismo

Reumatismo-da-dor

O QUE É:

O reumatismo é um termo genérico utilizado para definir um grupo de doenças de origem não traumática que atacam as articulações, os músculos, os ligamentos e os tendões. Alguns fatores, como a idade avançada e o histórico familiar, podem aumentar as chances de desenvolvimento do reumatismo, mas as causas dessa doença são multifatoriais e os sintomas variam de acordo com cada caso.

O reumatismo é um grupo extenso de doenças que afeta as articulações e, por isso, é importante saber qual o tipo de reumatismo está causando dor no paciente para indicar o melhor tratamento para eliminação dos incômodos.

Ao contrário do que as pessoas pensam, o reumatismo não é uma doença exclusiva das pessoas idosas. A febre reumática, por exemplo, é uma reação autoimune causada por infecções bacterianas e pode atingir indivíduos de qualquer idade.

EXEMPLOS DE DOENÇAS REUMÁTICAS

Dentre as principais doenças reumáticas, podemos destacar:

  • Artrose : É a degeneração da cartilagem que reveste os ossos e pode ser causada pelo desgaste natural da idade ou por microtraumas repetitivos na articulação. É de caráter progressivo e ainda não possui cura, mas o tratamento é útil para o impedimento de piora da doença e controle dos sintomas.
Artrose

1. Comparação entre joelho saudável e joelho com artrose.

     

  • Osteoporose: Doença que causa a diminuição da densidade óssea, resultando na maior fragilidade do sistema locomotor. É comum durante a terceira idade e é pouco sintomática (dificultando ainda mais o diagnóstico). Seu desenvolvimento está ligado à perda de cálcio ou à falta de vitamina D no organismo.

 

  • Artrite reumatoide: É uma patologia crônica de caráter inflamatório autoimune onde o sistema imunológico passa a atacar o próprio corpo, podendo gerar deformidade na região atingida.
Osteoporose

2. Osteoporose

       

    • Raquitismo: Conhecida por deixar os “ossos moles”, o raquitismo é mais frequente durante a infância (pois é a fase de construção do sistema musculoesquelético) e sofre influência da falta de cálcio e vitamina D no organismo.

 

    • Gota: A artrite gotosa é causada pelo acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações. Os episódios de crise gota são comuns durante a noite e o tratamento deve ter a reeducação alimentar como base, pois o consumo de carne vermelha deve ser diminuído.
Gota

3. Gota

PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS DO REUMATISMO

Os sintomas do reumatismo variam de acordo com cada caso, mas, no geral, alguns sinais devem ser considerados para o diagnóstico/tratamento:

  • – Dor nas articulações;
  • – Rigidez articular e dificuldade para a movimentação dos membros;
  • – Inchaço, aumento da temperatura local e vermelhidão;
  • – Deformidade articular;
  • – Fraqueza muscular.

TRATAMENTO DE REUMATISMO

Por não ser uma doença especifica, mas sim um grupo de doenças, o tratamento para o reumatismo varia de acordo com cada caso. Para isso, o médico deverá realizar um diagnóstico preciso da articulação dolorida e investigar os motivos dos incômodos.
O diagnóstico leva em consideração o histórico do paciente e a frequência dos sintomas. Também poderão ser solicitados exames de imagem, como o raio-x e a ressonância magnética. No caso da osteoporose, o exame de densitometria óssea poderá indicar a perda óssea.
Para o alívio das dores, podem ser adotadas algumas medidas, como:

  • Aplicar compressas com gelo;
  • Perder peso para diminuir a sobrecarga na articulação;
  • Evitar ficar parado numa mesma posição;
  • Fazer fisioterapia, para fortalecer a musculatura e aliviar as dores;
  • Utilizar palmilhas Pés Sem Dor.

COMO A PALMILHA PÉS SEM DOR ATUA NO

reumatismo

As articulações acometidas pelo reumatismo ficam sensíveis ao toque e, em alguns casos, há a formação de proeminências. Devido a isso, é importante que as cargas nos pés, tornozelos e joelhos sejam distribuídas de forma proporcional e sem excesso de pressão em alguns pontos.

Palmilha Pés Sem Dor

4. Palmilha Pés Sem Dor

As palmilhas Pés Sem Dor são fabricadas de acordo com as medidas individuais de cada paciente e levam em consideração os pontos de maior carga durante a pisada. Com isso, elas auxiliam na redistribuição das pressões nos membros inferiores e eliminação das dores.